Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus São Leopoldo

Taurus inicia fabricação de protetores faciais contra o coronavírus

Militares do Exército auxiliarão de forma voluntária no processo de montagem e embalagem

Última atualização: 07.04.2020 às 11:16

Militares do Exército auxiliarão de forma voluntária no processo de montagem e embalagem Foto: Divulgação
Desde segunda-feira (6), a Taurus, empresa estratégica de defesa e uma das principais fabricantes de armas leves do mundo, iniciou em sua fábrica em São Leopoldo a produção de um lote inicial de 60 mil máscaras de proteção contra o coronavírus. Os equipamentos do modelo proteção facial, chamado de Face Shield, serão feitos de polímero, com uma tiara para a testa e presilha de borracha na parte de trás da cabeça que fazem o suporte para uma viseira de material translúcido, servindo pata proteger olhos, nariz e boca.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Uma linha de produção foi montada nas instalações da Taurus especialmente para fabricar essas máscaras, onde militares do Exército auxiliarão, de forma voluntária, no processo de montagem e embalagem. A produção inicial de 60 mil equipamentos de proteção individual será doada a partir desta terça-feira (7), para os profissionais da área da saúde que atuam no atendimento de pessoas com coronavírus em hospitais de todo o estado do Rio Grande do Sul e, prioritariamente, a cidade de São Leopoldo onde a Taurus tem a sua fábrica.

"Como empresa estratégica de defesa, a Taurus quer contribuir nesse momento difícil e unir forças para superarmos juntos os desafios impostos por esta pandemia. Essa iniciativa é mais uma forma de ajudar a diminuir o contágio, fornecendo equipamentos para proteção de profissionais e heróis da saúde do nosso país, que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. A empresa também está fornecendo refeições para os integrantes do Batalhão da Polícia Militar e para a Guarda Municipal em serviço na cidade de São Leopoldo, onde está localizada sua fábrica, durante o tempo em que os restaurantes e lanchonetes estiverem fechados, por determinação do decreto de calamidade pública assinado pelo prefeito, em virtude do COVID-19", afirma o presidente da Taurus, Salesio Nuhs.

O projeto somente foi possível devido à parceria da Taurus com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que possibilitou que a máscara Face Shield pudesse ser produzida em larga escala. O equipamento foi criado, originalmente, a partir de impressoras 3D dos laboratórios da UFRGS, sendo viabilizado através de um trabalho voluntário conjunto de docentes, técnicos e alunos da Escola de Engenharia, Faculdade de Arquitetura, Pacto Alegre e também por alguns cidadãos comprometidos com a causa.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.