Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Saúde

Das 15 cidades da região, quatro estão há 15 dias sem internações ou mortes por Covid

Enquanto isso, Novo Hamburgo e São Leopoldo somam 1.675 casos e 35 mortes

Por Micheli Aguiar
Última atualização: 30.06.2020 às 14:26

Se o coronavírus avança a passos largos em cidades como Novo Hamburgo e São Leopoldo – juntos os dois municípios somam 1.675 casos e 35 mortes – há quatro cidades que estão sem internações e óbitos há duas semanas. O que as permite, ainda que na bandeira vermelha, na qual a Região 7 se enquadra neste momento, usar os protocolos mais brandos da bandeira laranja. 

Conforme levantamento da Secretaria Estadual da Saúde, Morro Reuter, Nova Hartz, Presidente Lucena e São José do Hortêncio estão desde metade do mês de junho sem que os pacientes com Covid ou suspeita necessitem de leitos hospitalares. Nas quatro cidades também não há registro de mortes pelo coronavírus.

Também faz parte da peculiaridade dos municípios é que nenhum dos quatro têm leitos Covid ou unidade terapia intensiva (UTI), necessitando internações em municípios de referência.

Clique aqui e veja toda as cidades sem casos a 15 dias no RS

Fazem parte da Região 7: Araricá; Campo Bom; Dois Irmãos; Estância Velha; Ivoti; Lindolfo Collor; Morro Reuter; Nova Hartz; Novo Hamburgo; Portão; Presidente Lucena; Santa Maria do Herval; São José do Hortêncio; São Leopoldo e Sapiranga.

Situação por município

Morro Reuter


Com o menor número de casos confirmados entre as quatro cidades, Morro Reuter segue na área de bandeira vermelha, porém, como não conta com óbitos e internações, pode utilizar os protocolos da bandeira laranja.

 

Nova Hartz

Com cinco novos casos confirmados na segunda-feira, Nova Hartz segue sem pacientes necessitando de internação. A prefeitura adota protocolos mais brandos, não seguindo os de bandeira vermelha. 

 

São José do Hortêncio

Assim como Morro Reuter e Nova Hartz, São José do Hortêncio segue os protocolos da bandeira laranja, ainda que estando em região de bandeira vermelha.

 

Presidente Lucena

A prefeitura emitiu decreto mais restritivo, baseado na bandeira vermelha. As novas regras valem de 30/06 até 06/07. O estabelecimento que não cumprir as novas normas pode ter o alvará de funcionamento cassado.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.