Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Pandemia

Novo Hamburgo e Canoas estão entre as dez cidades com mais casos ativos

Informação é do boletim atualizado na manhã desta terça-feira pelo governo do Estado

Publicado em: 01.12.2020 às 18:22 Última atualização: 01.12.2020 às 19:34

O mais recente boletim de análise do Comitê de Dados que monitora o avanço da pandemia no Rio Grande do Sul aponta nesta terça-feira (1º) que as cidades de Canoas e Novo Hamburgo estão entre as dez com mais casos ativos no Estado. Os dados são deste início de semana. São 10,1 mil casos ativos notificados pela Secretaria Estadual da Saúde, sendo praticamente metade deles em Porto Alegre (5,3 mil).

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Canoas é a segunda cidade no ranking, com 422 casos ativos. Em seguida aparecem, pela ordem, Caxias do Sul e Gravataí. Em quinto lugar está Novo Hamburgo, com 249 casos ativos. Aparecem ainda os municípios de Santa Maria, Passo Fundo, Viamão, Rosário do Sul e Santa Cruz do Sul. Os números ajudam a reforçar a necessidade de a população destes municípios redobrarem os cuidados para quebrar a cadeia de contágio.

Considerando a proporção de casos ativos por 100 mil habitantes, Porto Alegre lidera, com 212 casos, seguida de Lajeado (119 por 100 mil habitantes), Passo Fundo (84 por 100 mil habitantes) e Caxias do Sul (73 por 100 mil habitantes). Analisando as macrorregiões, a Metropolitana é a que apresenta mais casos ativos por 100 mil habitantes (122). A região Sul - onde estão cidades como Pelotas, Rio Grande e Bagé - tem 46 casos ativos por 100 mil habitantes.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.