Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Gramado OBRIGATORIEDADE

Natal Luz exigirá comprovante vacinal para espetáculos

Gramadotur informa que aguardava reversão por parte do governo do Estado, o que não ocorreu; medida já é válida para abertura

Por Fernanda Fauth
Publicado em: 20.10.2021 às 18:09

O 36º Natal Luz de Gramado contará com a exigência da obrigatoriedade do comprovante de vacina para acesso aos espetáculos. Até o início desta semana, a posição oficial era que não haveria a cobrança para apresentar o passaporte vacinal, conforme explica o diretor de Eventos da Gramadotur, Diego Scariot. "Quando nos questionaram sobre o Natal, realizamos essa consulta com o departamento jurídico e com a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) e a Associação nos informou que não tínhamos essa obrigatoriedade, ela fala em preferencialmente", esclarece Scariot.

Montagem decoração do Natal Luz de Gramado
Montagem decoração do Natal Luz de Gramado Foto: Fernanda Fauth/GES-Especial

Diego também reiterou que foram diversos os fatores que levaram a coordenação das atrações em adiar o comunicado sobre a nova medida sanitária. "Quando publicado o decreto em 1º de outubro, tinha sim a previsão de obrigatoriedade a partir do dia 18. Logo após a publicação, a Amesne publicou o seu decreto e lá aparecia como preferencialmente, ou seja, sem a obrigatoriedade de apresentação do documento. Quando saiu este documento, nós consultamos tanto a Amesne quanto a Vigilância Sanitária do município e fomos orientados que deveríamos seguir o regulamento regional", relata.

Posterior a isso, segundo Scariot, com o passar dos dias, começou uma divergência de opiniões. "Ninguém nos dava a informação com clareza. Na última segunda-feira, dia 18, estávamos prontos para publicar um aviso e comunicar as pessoas que já adquiriram os ingressos, quando nos avisaram que haveria uma reunião entre Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e governo do Estado, pois a Famurs é contrária ao passaporte vacinal. Apesar de ter tido a reunião, a decisão do governador segue", conclui. 

Como não houve novidades sobre o assunto e a quase uma semana do início, a Gramadotur decidiu alterar os protocolos da 36ª edição e reitera, ainda, que caso hajam modificações nas exigências sanitárias por parte do governo estadual, a organização do evento poderá modificar os protocolos de acesso aos espetáculos, inclusive após a abertura. "Vamos ter que ir dançando conforme a música toca. Hoje o posicionamento é que faremos a exigência do comprovante ou do teste antígeno", diz Diego. 

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.