Publicidade
Notícias | Mundo Decisão

Conmebol adia para domingo final da Libertadores entre River e Boca

Antes da decisão da Conmebol, a partida chegou a ser adiada duas vezes esperando uma recuperação dos jogadores do Boca

Por AFP
Última atualização: 24.11.2018 às 21:06

Foto por: AFP
Descrição da foto: Partida foi adiada para domingo
Após suspense e duas mudanças de horário, a Conmebol anunciou neste sábado (24) o adiamento da finalíssima da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors, depois do ônibus do Boca ser atacado por torcedores do River na chegada ao estádio Monumental.

"Quero parabenizar os dois presidentes porque houve entre eles um pacto de cavalheiros, porque nestas condições se desnaturalizou o jogo. Um não pode jogar e outro não quer jogar contra um rival que não está em condições", disse o presidente da Conmebol Alejandro Domínguez.

A confederação sul-americana confirmou o adiamento da partida para domingo (25), às 18 horas pelo horário de Brasília. Antes da decisão da Conmebol, a partida chegou a ser adiada duas vezes esperando uma recuperação dos jogadores do Boca.

"Não estamos em condições de jogar, estão nos obrigando a jogar a partida. Existem três companheiros que ficaram afetados pelo que caiu" no veículo, disse o atacante e ídolo da torcida do Boca, Carlos Tevez.

Torcedores do River Plate utilizaram pedras e gases para agredir o ônibus do rival na chegada ao estádio Monumental de Núñez. Vários jogadores, entre eles o capitão Pablo Pérez, ficaram machucados por conta dos cacos da janela quebrada e dos artefatos que entraram no ônibus.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.