Publicidade
Notícias | Mundo PAIS OU TUTORES?

Jogador que inspirou o filme Um Sonho Possível processa a família e diz que nunca foi adotado; saiba os detalhes

Michael Oher, astro da NFL, alega que seus pais nunca o adotaram, mas o enganaram para se tornarem seus tutores, o atleta já havia completado 18 anos

Publicado em: 15.08.2023 às 15:31

Michael Oher, jogador aposentado da NFL, está processando sua família adotiva. Ele que teve sua suposta adoção por uma família rica e branca imortalizada no filme "Um Sonho Possível", protagonizado por Sandra Bullock, apresentou uma petição a uma tribunal do Tennessee nesta segunda-feira (14). O documento apresenta alegações de que o elemento central da história era uma mentira inventada pela família para enriquecer em cima de seu nome. 


Michael Oher, ex-astro da NFL, diz que família nunca o adotou e alegar ter sido enganado | Jornal NH
Michael Oher, ex-astro da NFL, diz que família nunca o adotou e alegar ter sido enganado Foto: Divulgação

Baseado em um livro de Michael Lewis, o longa retrata como Michael, que cresceu na extrema pobreza, foi adotado por uma família rica e chegou à NFL. Porém, em documentos judiciais divulgados pela ESPN, o ex-astro diz que Sean e Leigh Anne, seus "pais", nunca o adotaram, mas o enganaram para se tornarem seus tutores após seu aniversário de 18 anos. 

A petição diz que os Tuohys assinaram acordos que renderam a eles e a seus dois filhos biológicos milhões de dólares, mas excluíram Michael de qualquer herança. O atleta ainda disse que a família faturou em royalties do filme, mas que ele não ganhou nada por um história que "não existiria sem ele". 

"A mentira da adoção de Michael é aquela com a qual os co-tutores Leigh Anne Tuohy e Sean Tuohy enriqueceram às custas de seu pupilo, o abaixo-assinado Michael Oher", diz o documento. "Michael Oher descobriu essa mentira para seu desgosto e constrangimento em fevereiro de 2023, quando soube que a tutela com a qual ele consentiu com base no fato de que isso o tornaria um membro da família Tuohy, na verdade não lhe fornecia nenhuma relacionamento familiar com os Tuohys."

O processo busca o fim da tutela da família, além de proibir que a família utilize seu nome e imagem para se promover. A "mãe" contava a história do filme em suas palestras motivacionais. O ex-atleta também pede uma compensação financeira. 

"Desde pelo menos agosto de 2004, eles permitiram que Michael, especificadamente, e o público em geral, acreditassem que adotaram Michael e usaram essa mentira para obter vantagens financeira para si e para as fundações que possuem ou exercem controle. Todo o dinheiro feito dessa maneira deve, com toda a consciência e equidade, ser devolvido e pago ao referido pupilo, Michael Oher", informa o documento. 

Conforme a ESPN, caso o atleta tivesse sido adotado pela família, ele seria um membro legal e teria acesso às finanças relacionadas ao filme. No entanto, como está sob tutela, ele cedeu esse controle a Sean e Leigh Anne. 


Família retratada em Um Sonho Possível, estrelado por Sandra Bullock, diz que nunca "ganharíamos dinheiro com qualquer um de nossos filhos" | Jornal NH
Família retratada em Um Sonho Possível, estrelado por Sandra Bullock, diz que nunca "ganharíamos dinheiro com qualquer um de nossos filhos" Foto: Divulgação

Em seu livro publicado em 2011, Michael diz que sua família o informou que tutela e adoção eram quase iguais. "Eles me explicaram que significa exatamente a mesma coisa que 'pais adotivos', mas que as leis foram escritas de forma a levar em consideração minha idade", falou ele. Já a família disse em 2010 que dividiu o valor dos royalties com o astro, "Nós dividimos entre cinco".

O advogado do ex-jogador , J Gerard Stranch IV, falou à ESPN que seu cliente não tinha noção da tutela até se aposentar da NFL, em 2016. Na época, um representante legal contou que ele nunca havia sido adotado pelos Tuohys. "Mike não cresceu com uma vida familiar estável. Quando a família Tuohy disse a Mike que o amava e queria adotá-lo, isso preencheu um vazio que esteve com ele durante toda a sua vida. Descobrir que ele não foi realmente adotado devastou Mike e o feriu profundamente", disse o advogado.


Publicidade
Pronunciamento dos pais adotivos de Michael Oher 

Ao Daily Memphiam, Sean falou que ficou chocado com as alegações de Michael. Ele negou que a família teriam ganhado dinheiro com o filme, e disse que receberam apenas parte dos lucros da obra de Michael Lewis, que foi a inspiração para o filme. 

"Estamos arrasados. É perturbador pensar que ganharíamos dinheiro com qualquer um de nossos filhos. Mas vamos amar Michael aos 37, assim como o amávamos aos 16."

Yasmin Mallmann

Entre em contato com
Yasmin Mallmann

Publicidade
Matérias relacionadas
Botão de Assistente virtual