Publicidade
Notícias | Novo Hamburgo Política

Conheça os pedidos encaminhados pela prefeita Fatima Daudt ao ministro interino da Saúde

Ao lado do secretário municipal de Segurança, a chefe do Executivo hamburguense esteve na capital federal nesta sexta-feira (31)

Publicado em: 31.07.2020 às 20:59 Última atualização: 31.07.2020 às 21:18

Jungthon, Fatima e Pazuello em audiência em Brasília Foto: Divulgação
A prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, e o secretário municipal de Segurança, Roberto Jungthon, consideraram muito satisfatória a audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, realizada na manhã desta sexta-feira (31), em Brasília. “O ministro nos disse que serão tomadas providências para o envio dos medicamentos solicitados ao Ministério da Saúde o mais rapidamente possível”, disse a prefeita.

Os pedidos de medicamentos solicitados ao ministro foram encaminhados há várias semanas e até hoje não chegaram. “E há uma grande de falta deles no mercado. O ministro, porém, adiantou que o governo federal não fornece a hidroxicloroquina para ser disponibilizado pelo SUS, somente a cloroquina 150mg”, esclarece a prefeita, acrescentando a dificuldade das prefeituras em adquirir os medicamentos para tratamento da Covid. Fátima lembrou que reconhece o direito das pessoas adotarem o chamado tratamento precoce na cidade, desde que o médico receite e a própria pessoa assine o termo de responsabilidade por efeitos colaterais.

Além da medicação, a prefeita aproveitou a audiência com Pazuello para reforçar outros pedidos encaminhados há alguns meses e que são importantes para o Município. Para todos, o ministro prometeu agilidade.

Os pedidos reforçados durante a audiência foram os seguintes:

- Envio imediato de medicamento para tratamento da Covid.

- Disponibilidade de mais testes para o Município.

- Habilitação de mais cinco leitos de UTI para tratamento de Covid (os leitos existem, mas os custos atuais são bancados pela Prefeitura).

- Aparelhos respiradores pulmonares e ventiladores mecânicos.

- Habilitação de seis leitos em saúde mental no Hospital Municipal em razão da demanda por atendimento psiquiátrico.

- Habilitação do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV). Inaugurado em abril, os serviços contabilizam mais de 1,3 mil atendimentos por mês em reabilitação intelectual, física, auditiva e visual.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.