Publicidade
Notícias | Novo Hamburgo

Domingo de Ramos marca início da Semana Santa na Igreja Católica

Participação da celebração deste domingo (28), na Catedral Basílica São Luiz Gonzaga, precisa ter inscrição feita por telefone

Por Bruna Mattana
Publicado em: 24.03.2021 às 15:44 Última atualização: 24.03.2021 às 16:38

Dom Zeno Hastenteufel, presidirá a celebração do Domingo de Ramos, às 10 horas, na Catedral Basílica São Luiz Gonzaga Foto: Marcos Quintana
A celebração do Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa na Igreja Católica. Com a pandemia, as igrejas não terão a tradicional procissão, mas cada fiel deverá levar seu ramo à missa para ser abençoado. O bispo diocesano, Dom Zeno Hastenteufel, presidirá a celebração no domingo (28), às 10 horas, na Catedral Basílica São Luiz Gonzaga, no Centro de Novo Hamburgo. Para participar, é necessário realizar inscrição por telefone. 

Dom Zeno explica que a Semana Santa começa com o Domingo de Ramos pois foi quando Jesus Cristo entrou oficialmente na cidade de Jerusalém e foi aclamado pelo povo, com ramos verdes nas mãos, como rei dos Judeus. "O ramo é sinal da esperança que vem com Jesus."

Na Quinta-Feira Santa, segundo o bispo, é a noite em que Jesus institui a eucaristia e o sacerdócio. "É quando ele lava os pés dos apóstolos, o que não vai ocorrer este ano devido à pandemia. Esse dia é o memorial da primeira missa celebrada por Jesus, na última ceia. Nesse dia, também, os apóstolos são ordenados os primeiros sacerdotes da Igreja Católica."

Conforme Dom Zeno, aa Sexta-Feira Santa é quando se cumpre as palavras de Jesus de que "ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos. É o momento da dolorosa paixão de Cristo, que passa por todos os sofrimentos e morte de cruz, terminando com a sua sepultura. 

A Páscoa, ou seja, a Ressureição de Cristo, é celebrado desde a noite santa de sábado. O Sábado de Aleluia é o momento de celebrar a vigília pascal. É a maior noite do ano. É lá onde nós vamos tirar o fogo da pedra, acendemos o fogo novo e o Círio Pascal, que passa a simbolizar o Cristo vivo e ressuscitado. Dentro dessa missa se fazem batizados ou pelo menos se prepara a água batismal."

O Domingo de Páscoa é o dia da ressurreição. "A partir dessa páscoa, o primeiro dia da semana passa a ter um significado novo para os cristãos, que passam a celebrá-lo como o dia do Cristo ressuscitado. O primeiro dia da semana passa a ser chamado então domingo, que vem do latim dies Dominicus, que significa dia do Senhor."

Programe-se

Além da missa presidida por dom Zeno, às 10 horas, outras celebrações de Domingo de Ramos, todas com benção, ocorrerão na Catedral. No sábado, tem missa às 15 e às 17 horas. No domingo, às 8 horas, 15 horas, 17 horas e 18h30. Para todas é necessário realizar agendamento prévio pelo telefone telefone (51) 3593-1263 durante a semana.

No Santuário das Mães também haverá celebrações com benção dos ramos. No sábado às 14h45, 16 horas e 17h30. No domingo, terá missa às 8 horas, 9h30, 11 horas, 16 horas e 17h30. Não é necessário agendamento, mas podem participar de cada celebração no máximo 50 pessoas. É possível acessar o espaço enquanto houver ficha.

As paróquias também terão missa, conforme capacidade de público. Informações diretamente com a secretaria paroquial.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.