Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | País Política

Defesa pede que Lula cumpra restante da pena do caso triplex em regime aberto

Advogados protocolaram pedido no Superior Tribunal de Justiça na noite desta sexta-feira (10)

Publicada: 11.05.2019 às 12:48

Foto por: José Cruz/Agência Brasil
Descrição da foto: Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste sábado (11) que pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que o petista cumpra em regime aberto o restante da pena imposta no caso do triplex. Em abril deste ano, a Quinta Turma do STJ manteve a condenação de Lula, mas reduziu a pena para 8 anos e 10 meses. A defesa pedia que o ex-presidente fosse absolvido.

O pedido foi protocolado na noite desta sexta-feira (9) no STJ. De acordo com os advogados, o recurso denominado embargos de declaração foi protocolado "objetivando corrigir contradições, omissões e obscuridades do acórdão que acolheu em parte o recurso especial interposto pela defesa do ex-Presidente Lula na sessão de julgamento realizada no último dia 23/04. O objetivo do recurso é que tais erros sejam corrigidos e, como consequência, Lula seja absolvido ou o processo seja anulado".

Caso Triplex

Lula foi condenado em 2017 a 9 anos e 6 meses de prisão, por corrupção passiva e de lavagem de dinheiro, no caso do triplex. A decisão foi do então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública.

Em janeiro do ano passado, a condenação foi confirmada pela Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), tribunal de segunda instância, que aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão.

Em abril deste ano, a Quinta Turma do STJ manteve a condenação de Lula, mas reduziu a pena para 8 anos e 10 meses.

O ex-presidente foi preso em São Paulo, em abril do ano passado, e levado a Curitiba, onde cumpre pena desde então.

Lula ainda responde a outros seis processos em tramitação em diferentes instâncias da Justiça.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.