Publicidade
Notícias | País Polêmica

Toffoli barra apreensão de livros na Bienal do Rio

STF suspende despacho do presidente do Tribunal de Justiça, que autorizava ação de fiscais na feira

Por Estadão Conteúdo
Última atualização: 08.09.2019 às 14:38

Foto por: Rosinei Coutinho / STF
Descrição da foto: Presidente do STF intervém e barra apreensão de livros

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, voltou a barrar a apreensão de livros de temática LGBT+, promovida pela gestão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), na Bienal do Livro Rio.

A decisão de Toffoli suspende despacho do presidente do Tribunal de Justiça, Cláudio de Mello Tavares, que havia voltado a autorizar a ação de fiscais da prefeitura no evento.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.