Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | País AGRONEGÓCIO

Consumo de carne de cavalo não é comum no Brasil, mas País é o 13º na exportação do alimento

Frigoríficos ficam na Bahia, em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul

Publicado em: 30.11.2021 às 03:00 Última atualização: 30.11.2021 às 10:51

O consumo de carne de cavalo foi um dos temas mais discutidos no Estado neste mês depois que o Ministério Público deflagrou uma operação para coibir o abate clandestino. Muita gente ficou em dúvida se é permitida a venda de carne de cavalo no Brasil, em especial no Rio Grande do Sul, onde o cavalo crioulo é símbolo do território gaúcho.

Brasil exporta carne de cavalo para o mundo
Brasil exporta carne de cavalo para o mundo Foto: Divulgação/Pixabay

Embora o consumo de carne de equídeos seja incomum no Brasil, outros países têm receitas típicas que utilizam esse alimento. Um deles é a Bélgica, com a receita do Stoemp, e a Alemanha, no Sauerbraten. Além disso, é destaque na culinária de Hong-kong, o maior comprador de carne de cavalo brasileiro.

Segundo dados do Ministério da Agricultura, até outubro o Brasil exportou 4,58 mil toneladas.

Frigoríficos

São três estados que contam com frigorífico: Bahia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. No Estado, o abatedouro fica em São Gabriel, na região das Missões. Até o mês passado, a exportação de carne de equídeo tinha movimentado US$ 12,5 milhões. A Bahia é o maior exportador, responsável por 73% da produção nacional. Os gaúchos ocupam a segunda colocação, com 24%.

Em nível mundial, o Brasil é o 13º maior exportador. No topo da lista está a Bélgica, seguida da Argentina, Polônia e Mongólia. Os principais clientes dos brasileiros neste ano são Hong-Kong, que compra mais da metade produção, China, Japão e Rússia.

De fevereiro a outubro deste ano foram abatidos 95.4 mil animais no País.

Já em 2020, ano em que o Brasil vendeu 6,41 mil toneladas de carne de cavalo, os maiores compradores foram Hong-Kong, Bélgica e Alemanha.

Sabor adocicado

O sabor da carne de cavalo é caracterizado como adocicado, por sua riqueza em glicogênio, mas diminui com a idade do animal e varia com a raça e com o corte da carcaça.

A carne equina apresenta cor vermelha escura ou parda avermelhada, e suas fibras são finas e longas, de consistência firme.

Os cortes de varejo são semelhantes aos da carne de boi, e os mais populares são: lombo, bife de filet, bife de anca e costelas. Os cortes de carne mais dura são moídos.

Na Europa, a principal utilização da carne de cavalo na Europa é na forma de embutidos.

As qualidades da carne de cavalo permitem uma excelente liga em salames e mortadelas, sem uso de produtos químicos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.