Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | Região Entrega só em agosto

Obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo chegam à última fase

Atualmente, instalação das redes está sendo realizada na Rua Magalhães Calvet

Por Bianca Dilly
Última atualização: 11.06.2019 às 08:19

Foto por: Juarez Machado/Juarez Machado/ GES
Descrição da foto: Obras na Rua Joaquim Nabuco, no Centro
As obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo entraram em sua última grande frente de trabalho. Nesta segunda-feira (10), a Rua Magalhães Calvet ficou completamente bloqueada até o fim da tarde entre as ruas Lima e Silva e Joaquim Nabuco, mas a liberação de uma das pistas ocorreu por volta das 17 horas. No local, está sendo realizada a instalação das redes pluvial, cloacal, lógica e de água. Ao mesmo tempo, essa fase dos serviços ainda está ocorrendo em trechos das ruas David Canabarro, Lima e Silva e Joaquim Nabuco. A estimativa para a conclusão da parte estrutural em todas elas é de cerca de 30 dias. Após isso, inicia-se a etapa de acabamentos. O fim do mês de agosto está mantido como o prazo final para a entrega das melhorias.

De acordo com o secretário de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários, Raizer Ferreira, até a metade de julho a movimentação de operários e máquinas ainda pode ser intensa nas vias. "Dentro de um prazo de 30 dias, deveremos ter a parte estrutural finalizada", explica. Depois da colocação das redes subterrâneas, será dado andamento aos detalhes externos. "Agosto é o mês de entrega e a gente reafirma isso. Se falta o plantio de um canteiro de flores, por exemplo, não consideramos a obra como finalizada. O prazo é para a entrega total das obras", descreve.

Depois dessa fase estrutural terá início a etapa de acabamentos da revitalização. "O asfalto que as pessoas estão vendo agora não é o final. Quando estiver tudo pronto, ainda passamos mais uma camada, de quatro ou cinco centímetros. Então, as tampas que estão fora de nível serão ajustadas e faremos a correção do que for necessário", pontua Ferreira.

Outros detalhes dos últimos dias de obras serão as pinturas, ajustes no meio-fio, placas de sinalização, alinhamento da acessibilidade e das bocas de lobo, assim como a instalação de iluminação LED, que já está 60% concluída. "Agora, partimos para a finalização na Praça do Imigrante, no Calçadão e também nas Bancas. As pessoas que circulam por esses locais já vão notar que está tudo andando mais rapidamente", conta. A instalação do mobiliário faz parte dos últimos acertos. "Conseguimos ver um pouco mais de resultado porque conseguimos enxergar os bancos para sentar, as mesinhas serão colocadas daqui a alguns dias, a cobertura das bancas está sendo finalizada, os ombrelones no Calçadão estão posicionados. Depois, começa o ajardinamento e será feito tudo para embelezar ainda mais o nosso Centro", arremata Ferreira.

Trecho da Rua Magalhães Calvet já foi liberado

  • Pista: fluxo foi afunilado na Magalhães Calvet
    Foto: Inézio Machado/GES
  • Magalhães Calvet ficou interrompida ontem
    Foto: Juarez Machado/GES

A Rua Magalhães Calvet, no trecho de cerca de 90 metros entre a Lima e Silva e a Joaquim Nabuco, ficou com o trânsito bloqueado da manhã até o fim da tarde de ontem. A previsão inicial era de que o local ficasse totalmente fechado durante 15 dias. Porém, por volta das 17 horas desta segunda-feira a Prefeitura informou que liberou uma das pistas para circulação de veículos. Por isso, os ônibus que passam pelo Paradão da Avenida Primeiro de Março não precisarão mais fazer o desvio anunciado anteriormente e seguem o seu fluxo normal. Neste ponto, só não há liberação para o estacionamento. O diretor de trânsito, Ricardo Schiavon, não descarta futuros bloqueios na rua, com o andamento dos trabalhos. “Quando nos aproximarmos mais da Rua Lima e Silva, veremos novamente como ficará a situação”, destaca.

A revitalização

As obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo começaram em 14 de maio de 2018. Inicialmente, a previsão de entrega era para abril deste ano. Porém, o período de chuvas, a greve dos caminhoneiros e a época de final de ano atrasaram o cronograma para entrega daqui a cerca de dois meses.

O projeto é executado por meio do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), com o financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O contrato com o BID é estimado em R$ 24 milhões e tem prazo final de validade até outubro deste ano. 

Ainda fazem parte do processo as novas redes que foram instaladas nas Ruas Cinco de Abril e Cidade de Atlântida e Largo Povo de Canelones e nas Avenidas Primeiro de Março e Pedro Adams Filho, no quadrante determinado pelo projeto inicial. A responsabilidade pela revitalização é do consórcio Encopav Engenharias e Coesul Construtora Extremo Sul.

Ruas com frentes de trabalho

  • Obras na Joaquim Nabuco
    Foto: Juarez Machado

  • Foto:
  • Rua David Canabarro
    Foto: Juarez Machado

Estão em etapas finais de execução as obras nas Ruas David Canabarro, Lima e Silva e Joaquim Nabuco. Na Lima e Silva e Joaquim Nabuco, a instalação das redes ocorre no trecho entre a Avenida Pedro Adams Filho e a Rua Bento Gonçalves, mesma extensão da David Canabarro. "Em todas elas, temos o prazo de 30 dias para conclusão. Na David Canabarro, estamos operando primeiro em um dos lados, deixando uma das pistas liberadas para circulação", afirma Raizer Ferreira.

"Já na Lima e Silva, um dos lados está pronto e vamos começar no outro. Por fim, na Joaquim Nabuco é necessário ressaltar que encontramos ligações mais complexas do que apresentava o projeto. Os pontos mais críticos estão nas esquinas com a Magalhães Calvet e Bento Gonçalves. Tivemos que ter um cuidado extra", conclui.

Praça do Imigrante

Foto por: Juarez Machado
Descrição da foto: Bancos na Praça do Imigrante
Da parte estrutural, o que falta na Praça do Imigrante é apenas a conclusão do palanque oficial, que está recebendo pedras no modelo São Tomé. "Devemos terminar até o final desta semana", destaca o engenheiro das obras Rodrigo da Rosa. Os banheiros, a iluminação e o chafariz estão prontos. "A iluminação também está perfeita. Os banheiros permanecem fechados pela questão do cuidado", diz o secretário Ferreira. O restante do mobiliário já foi comprado pela Prefeitura e aguarda a instalação, como o chimarródromo, cachorródromo, brinquedos da pracinha, totem para carregamento de celular, monumentos que foram retirados para restauração, gradis, mesas de jogos e os 42 bancos. "O primeiro deles, que serviu de modelo, já está no local há 15 dias", comenta.

Bancas em fase final

Foto por: Juarez Machado
Descrição da foto: Bancas em fase final
As bancas da Praça do Imigrante já entraram na fase final de reformas. A instalação da estrutura para receber a nova cobertura se iniciou no dia 3 de junho e, no momento, recebe acabamentos, como pintura. O prazo para término desta etapa é ainda hoje. Depois, a partir de amanhã, deve começar a colocação das telhas de policarbonato, que pode ser concluída até o final desta semana, conforme estiver as condições do tempo. Em seguida, será feita a instalação dos 14 conjuntos de mesas e 56 cadeiras.

Calçadão

Foto por: Juarez Machado/GES
Descrição da foto: Ombrelones no Calçadão
O Calçadão Osvaldo Cruz já está com sua infraestrutura pronta e o que ainda precisa ser instalado no local é o mobiliário. Serão 20 bancos colocados neste trecho, no mesmo modelo da Praça do Imigrante. No local, ainda, a população pode conferir a nova iluminação e os quatro ombrelones. “Também estamos fazendo um trabalho de padronização das mesas com os comerciantes, utilizando peças de madeira. O que ainda falta é o ajardinamento, bicicletário, chimarródromo, totem para carregamento de celular, pracinha e palco móvel”, destaca o responsável pela Pasta.

Outra novidade é a construção de uma faixa de pedestres elevada, que interligará o Calçadão com a Praça do Imigrante. “Para essa travessia, utilizaremos a pedra rosa, que já era característica da Avenida Pedro Adams Filho. É uma maneira de lembrarmos dessa característica histórica da nossa cidade”, complementa.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.