Publicidade
Acompanhe:
NH Hoje
Notícias | Região Não Perca!

É hoje a exibição do documentário sobre Padre Reus

Filme conta a história do religioso que já é considerado santo pelos devotos

Por Juliane Kerschner
Última atualização: 14.08.2019 às 07:56

Foto por: Juarez Machado/GES
Descrição da foto: Luís Augusto Padilha reza junto ao túmulo do Padre Reus
É hoje! A quarta-feira (14) reserva um momento histórico para São Leopoldo e todos os devotos de Padre Reus com a primeira exibição do documentário Reus: Por uma Graça Alcançada. O filme, com produção do Grupo Sinos, contará a trajetória do padre alemão João Baptista Reus, que dedicou sua vida ao trabalho na região e que, para os seus fiéis, é considerado santo. O evento gratuito ocorrerá no Anfiteatro Padre Werner, no câmpus de São Leopoldo da Unisinos, a partir das 19 horas, e contará com atrações especiais para a comunidade. Entre elas, a apresentação da Orquestra Camerata Ivoti, criada em 1994 e que, atualmente, tem 14 integrantes. As inscrições para o evento gratuito já se encerraram.

A direção do documentário é de Marcelo Collar com roteiro de Marina Mentz, ambos jornalistas do Grupo Sinos. "Nos propomos a fazer isso e ficou emocionante e completo. Até falamos em alguns momentos que parece que Padre Reus intercedeu pelo filme", destaca Marina. "Trata-se de uma experiência gratificante. "A fé em Padre Reus é vivida intensamente. É impressionante ver como isso mexe com a vida das pessoas", diz Collar.

"O documentário vai tentar reproduzir quem foi Padre Reus. Para a Companhia de Jesus, mais do que um motivo de orgulho, é um desafio para ser sempre mais uma presença da espiritualidade inaciana, uma das características que marcaram a vida do "místico" Padre Reus. Para a comunidade e, particularmente, para os devotos do Servo de Deus, o documentário serve como um momento de reflexão e agradecimento a Deus por ter contemplado a comunidade de São Leopoldo, do Rio Grande do Sul e do Brasil com uma figura que, depois de 70 anos da sua morte, continua marcando a religiosidade e contribuindo para renovar a fé de milhares de pessoas", destaca o jesuíta Attilio Ignacio Hartmann, diretor da Livraria e Editora Padre Reus.

 

Outros Documentários

O Grupo Sinos já produziu dois outros documentários: em agosto do ano passado lançou Für Immer - Gerações, trabalho que reverencia gerações de descendentes alemães. O documentário foi desenvolvido com captações de imagens e entrevistas em diversas cidades dos Vales do Caí, Sinos e Paranhana. Antes disso, apresentou o documentário Für Immer - Para Sempre.

Expectativa

"Esperamos que a exibição do documentário seja mais uma ação que contribuirá no estudo da beatificação do Padre Reus. Nestes 13 anos de Romaria do Padre Reus pudemos observar que são muitos os devotos. São muitas Graças já alcançadas. E que o nosso Padre Reus faz parte de muitas vidas através da fé e espiritualidade. Estarei presente e estou me preparando para essa emoção, pois fui agraciada em 1989 com uma graça e desde então sou muito devota."

Andrea Guedes, coordenadora da Comissão Organizadora da Romaria do Padre Reus

"Será uma oportunidade para a comunidade conhecer mais sobre Padre Reus. É mais uma realização importante, mas temos que continuar, afinal só com trabalho e com as orações da população que chegaremos a beatificação. Acredito que a nossa comunidade está motivada pela causa."

Dom Zeno Hastenteufel, bispo da Diocese de Novo Hamburgo

"Falar um pouco da vida do Padre Reus é falar um pouco da cidade de São Leopoldo e vice-versa. Padre Reus transcende a questão religiosa em nossa cidade e torna-se um personagem da sua história. A ideia de fazer esse documentário surgiu em função de toda mobilização percebida na Romaria do Padre Reus que ocorre todos os anos desde 2007, faça chuva ou faça sol. Milhares de pessoas reunidas para louvar e agradecer um só, merece nossa consideração. E é isso que queremos, mostrar um pouco mais desse personagem da nossa história e promover um maior conhecimento sobre sua passagem aqui na região. Sem dúvida, será uma noite inesquecível para todos presentes."

Fernando Cesar Anschau, diretor do Jornal VS

"É um momento emocionante para todos os devotos do Padre Reus e eles não são apenas aqui da região. A fé ao Padre Reus se espalhou por todo o Estado, por todo o Brasil e até em outros países sabemos de relatos. Padre Reus não tem fronteiras. O Vaticano está observando todas as demonstrações de devoção e essa é mais uma que será importante para o processo de beatificação."

Padre Inácio Spohr, historiador responsável pela elaboração do relatório necessário para o andamento do processo de beatificação de Padre Reus

 

SERVIÇO

O quê: Documentário Reus: Por uma Graça Alcançada.

Quando: Hoje

Onde: Anfiteatro Padre Werner, no câmpus de São Leopoldo da Unisinos

Horário: 19 horas.

Valor: Gratuito - Apenas é necessária a inscrição no site Eventos Grupo Sinos

Santuário recebe milhares de fiéis anualmente

A fé no Padre Reus tornou o Santuário do Sagrado Coração de Jesus, onde está o túmulo do pároco, no bairro Padre Reus, em um centro de devoção na cidade de São Leopoldo, levando cerca de 1,5 milhão de pessoas anualmente ao local. E mesmo em manhãs frias durante a semana, o túmulo de Padre Reus, recebe diariamente diversas pessoas, como o eletrotécnico Luís Augusto Padilha, 56, que esteve no local ontem. Com o terço na mão, Padilha foi em busca da tranquilidade que encontrou no Santuário desde sua primeira visita aos 10 anos de idade.

"Minha relação com Padre Reus começou há mais de 35 anos, quando vim com meus pais de Caxias do Sul. Desde o primeiro momento senti uma necessidade de sempre vir ao Santuário e senti uma ligação muito forte com o nosso Padre Santo. Então, desde os meus 10 anos, venho aqui em alguns domingos e quando consigo uma folga. Esse lugar me traz muita paz", conta.

Padilha considera que a fé é fundamental no mundo repleto de violência no qual vivemos. "Nossa maior arma é o terço, temos que rezar pois o mundo virou um lugar devastador. E rezar por nós, por nossa família, mas também para o próximo. Esse é o exemplo do Padre Reus", diz o eletrotécnico. "Para mim e para toda a comunidade, Padre Reus já é santo, sempre que pedi em um momento de dificuldade fui atendido. Porém, tudo que fizermos para que seja reconhecido pelo Vaticano é importante, pois será de muito orgulho para nossa região e para a nossa crença. Assim, que soube do documentário vi que seria mais uma contribuição importante."

 

Devoção é marca do documentário

Foto por: Diego da Rosa/GES
Descrição da foto: Tiago de Oliveira Ruas e a avó Belarmina falam da sua devoção
Uma das principais marcas de Padre Reus é a devoção que sua figura causa e a certeza de santidade por parte de seus fiéis. Isso será retratado no documentário, mas pode também ser visto através dos relatos de graças alcançadas por toda a comunidade do Vale do Sinos. E um desses casos vem de Sapucaia do Sul. O advogado Tiago de Oliveira Ruas, de 32 anos, tem sua história de vida ligada ao padre alemão desde seus primeiros dias de vida. Logo ao chegar em casa após seu nascimento, Tiago passou por um episódio de broncoaspiração, condição em que alimentos, líquidos, saliva ou vômito são aspirados pelas vias aéreas.

"O Tiago aspirou vômito, foi socorrido, mas ficou em estado grave. A minha filha, mãe dele, tinha tido uma cesárea, então eu fiquei com ele no hospital. Foram mais de oito dias. E prometi ao Padre Reus que se ele se recuperasse, assim que chegássemos em casa, eu levaria ele a pé ao Santuário. E foi o que eu fiz", conta a avó de Tiago, Belarmina Duarte de Oliveira, 81.

Dona Belarmina é natural de Camaquã e veio para Sapucaia em 1960, junto com o marido e os filhos, afinal seu esposo tinha irmãos que moravam na cidade e conseguiu um emprego aqui na região. "Lembro que sempre que vinha visitar os familiares eu ia ao Santuário e assim fui construindo uma relação de muita devoção com Padre Reus. Quando vim morar aqui, não tinha ônibus para ir ou era muito caro e sempre ia a pé. Para mim e para muitos ele é Santo. Padre Reus nunca me faltou e eu tenho muito fé e história. A fé move montanhas e é minha maior riqueza", diz a devota.

Para Tiago, Padre Reus foi o responsável pela sua recuperação e a fé foi o maior ensinamento que a avó passou a família. "Ela aprendeu a ter fé com os pais dela e passou isso para nós. A fé dela, com certeza, contribuí muito para a nossa vida. Eu tinha um tio com atraso de desenvolvimento e ele nunca conseguia trabalho, ainda mais há mais de 30 anos. E a minha vó fez promessa para Padre Reus e ele conseguiu emprego e ficou nesse emprego por 29 anos, até praticamente seu falecimento. A promessa dela se manteve, junto com sua fé. Com a nossa fé, fé essa que me leva a ir seguido ao Santuário e sempre até lá na Sexta-Feira Santa", completa Tiago.

 

Os parceiros

O documentário Reus: Por uma Graça Alcançada tem apresentação do Rissul, patrocínio do Santuário do Sagrado Coração de Jesus e da Rodrigues Negócios Imobiliários e apoio do Centro das Indústrias/Sindicatos, Fonte da Lomba, Equipe Center, Madeireira Casa Nova, Digistar, Bem Estar Cuidador, PAR Consultorias e Assessoria Eireli, Haas Containers, Colégio São Luís, Unisinos, Envo Clínica de Vacinas e Colorgraf. O apoio cultural é da Prefeitura de São Leopoldo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.