Publicidade
Notícias | Região Próximo à Beira-Rio

Anunciada em setembro do ano passado, construção de passarela na RS-239 ainda não começou

Obra tinha previsão de início para junho deste ano, o que não ocorreu

Última atualização: 08.10.2019 às 16:59

Sapiranga irá receber a passarelas sobre a RS-239 Foto: Juarez Machado/GES
Anunciada em setembro de 2018 e com previsão de início em junho deste ano, as obras da passarela que será erguida no quilômetro 29 da RS-239, em Sapiranga, ainda nem começaram. A informação é da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). A estrutura, próximo à empresa Beira-Rio, ajudaria a coibir acidentes que ocorrem com frequência no trecho, como os atropelamentos.

Segundo a EGR, já há um projeto e empresa executora contratados, mas ainda faltam os últimos ajustes legais em relação à obra, que custará R$ 1,1 milhão e que deve levar 4 meses após o início.

Considerada uma das rodovias estaduais mais perigosas do Estado, as passarelas da RS-239 são uma demanda antiga da população. Moradores já realizaram bloqueios na rodovia, como forma de protesto pelas mortes que acontecem no local.

Outra passarela prevista na mesma rodovia

Passarelas na RS-239 Foto: Juarez Machado/GES
Além da passarela que será construída no quilômetro 29, está em construção outra estrutura no quilômetro 25 da rodovia, no bairro Irma. A obra teve início em maio e tem previsão de conclusão até o fim deste ano, com investimento de R$ 1,4 milhão, de acordo com a EGR. Somadas, as obras representam R$ 2,5 milhões.

As estruturas serão erguidas com quatro quilômetros de distância uma da outra e, cada uma, terá 100 metros de extensão. Assim como as colocadas na BR-116, as passarelas terão as etapas iniciais desenvolvidas em uma área separada e, posteriormente, serão transportadas para o local definitivo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.