Publicidade
Notícias | Região Trânsito na região

RSs 239, 240 e outras rodoviais estaduais deixam de ter pardais

Nesta quarta-feira (16), foram removidos os equipamentos em Campo Bom, Sapiranga e Parobé

Por Jauri Belmonte
Última atualização: 17.10.2019 às 21:11

Controlador de velocidade, conhecido popularmente como pardal Foto: Inézio Machado/GES
Desde o mês de julho deste ano, após o encerramento do contrato com as empresas Perkons e Fiscal Tech, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) realiza a desativação e, posteriormente, a retirada dos equipamentos discretos de fiscalização eletrônica - conhecidos popularmente como pardais pelos gaúchos - instalados em pontos fixos em 13 rodovias estaduais do Rio Grande do Sul. Conforme informou a assessoria de imprensa do Daer, a previsão é que, até o final do mês de novembro, todos os pardais sejam removidos das estradas.

Retiradas

Aqui na região, na última quarta-feira (16) foram retirados os pardais da RS-240, em São Leopoldo, e, também, na RS-239, em pontos nas cidades de Campo Bom, Sapiranga e Parobé.

O Daer aponta, ainda, que neste momento está em andamento o processo de licitação para a contratação dos novos pardais e que não há prazo estimado para a instalação de novos equipamentos. Segundo a autarquia, "este procedimento licitatório não depende do Daer".

Fiscalização continuará

Não é novidade que as rodovias da região apresentam cenários de perigo iminente, dados inúmeros motivos. Assim, o Daer salienta para o cuidado contínuo que os condutores precisam ter, mesmo com o desligamento dos pardais. Segundo a autarquia, agentes dos comandos rodoviários continuarão fiscalizando o excesso de velocidade por meio dos equipamentos móveis, com intuito de punir os motoristas que não respeitarem os limites.

"Não é porque os pardais foram desativados, que todo mundo poderá andar na velocidade que quiser"


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.