Publicidade
Notícias | Região Polícia

Três frigoríficos são interditados em Taquara e Parobé

As atividades foram suspensas judicialmente após a Operação Caminho da Serra da Polícia Civil

Por Paulo Langaro
Última atualização: 12.11.2019 às 21:52

Foram cumpridas 25 ordens judiciais, entre elas buscas e quebras de sigilo Foto: Polícia Civil / Divulgação
A Polícia Civil, através da Delegacia de Combate ao Abigeato e Crimes Rurais (Decrab), com apoio da Secretaria Estadual de Agricultura e do Departamento de Polícia do Interior, cumpriu nesta terça-feira 25 ordens judiciais, entre elas buscas e quebras de sigilo. Conforme o coordenador da operação, o delegado André Mendes, em março deste ano a Decrab retomou uma investigação policial, do ano de 2016.

Ela é oriunda da então Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais, onde havia surgido o possível elo entre um frigorífico do município de Taquara com uma organização criminosa desarticulada no ano de 2017 por meio da Operação Campo Limpo. Por mais de oito meses a equipe da Decrab monitorou, utilizando varias técnicas de investigação, o que se descobriu ser um grande esquema criminoso, composto por vários frigoríficos e estabelecimentos comerciais, especializados no comércio de carne: sem procedência; imprópria para o consumo humano; e, de animais furtados.

Ficou constatado que em diversas oportunidades foi recebido em um dos frigoríficos investigados, animais que já estavam em óbito quando deram entrada na empresa, ou seja não foram abatidos e sim carneados após terem chegados mortos no frigorífico. No curso dos oito meses de investigação já foram apreendidos pela Polícia Civil e Vigilância Sanitária de Taquara aproximadamente 10 toneladas de carne imprópria para o consumo humano e equipamentos que os policiais acreditam serem utilizados para falsificação de carimbos e embalagens de carne bovina.

Ao todo foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão, entre eles cinco em frigoríficos e três em estabelecimentos comerciais de vendas a varejo, tendo sido apreendido meia tonelada de carne imprópria para o consumo humano.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.