Publicidade
Notícias | Região Violência

Creche é fechada após suspeita de agressão contra bebês em Montenegro

Caso é investigado pela Polícia Civil desde o início de novembro, mas só veio à tona nesta semana

Por Débora Ertel
Última atualização: 21.11.2019 às 19:30

A cidade de Montenegro está em estado de choque com as denúncias de maus-tratos que eram praticados contra bebês em uma escola de educação infantil. As agressões aconteceram na Jeito de Mãe Escolinha Infantil, estabelecimento que foi credenciado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) para atender demandas judiciais ou de caráter emergencial.

O caso é investigado pela Polícia Civil desde o início de novembro, mas só veio à tona nesta semana. Segundo a titular da Smec, Rita Carneiro Fleck, no dia 29 de outubro uma pedagoga que trabalhava na escola procurou a secretaria para relatar o que presenciou na instituição. “Ela disse que estava sofrendo com o que via. As crianças eram contidas nos carrinhos, colocavam os braços junto do corpo e prendiam com o cinto. Também colocavam cobertor por cima dos seus rostos para que ficassem quietas”, conta.

Além disso, a profissional mostrou fotos das agressões e áudios da proprietária do estabelecimento xingando os pequenos, que tinham idade de zero a 2 anos. “Nós ficamos apavorados com o que vimos. Imediatamente já fizemos o boletim de ocorrência e providenciamos a retirada delas de lá porque a nossa preocupação era proteger as crianças”, salienta. A Smec chamou os pais e informou, em um primeiro momento, que todas as crianças seriam transferidas para outras escolas em razão do zoneamento. Num segundo momento, os pais foram informados pessoalmente sobre as denúncias.

A situação também foi comunicada ao Ministério Público, Conselho Tutelar e Conselho Municipal de Educação que, no dia seguinte, em 30 de outubro, fechou a escola. “As crianças agora estão protegidas deste lugar”, garante Rita. Todas as providências tomadas pela Smec foram orientadas pela Procuradoria Geral do Município (PGM). O Jornal NH fez contato com o proprietário da Jeito de Mãe, que pediu para não ser identificado. Ele informou que por orientação da assessoria jurídica não vai se manifestar e que ainda não foi informado oficialmente das denúncias. Ele confirmou que a escola foi fechada.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.