Publicidade
Notícias | Região Água

Nível do Rio dos Sinos segue abaixo da média na região

Em São Leopoldo, o nível do rio não tem passado de 1 metro, quando a média costuma ser entre 2 e 2,5 metros

Última atualização: 08.01.2020 às 19:22

Rio dos Sinos, em Lomba Grande, já registra perda no volume de água. Defesa Civil está monitorando a situação Foto: Juarez Machado/GES
Apesar de semanas de intenso calor desde o final de dezembro, Novo Hamburgo não está em situação de risco de desabastecimento. A informação é da Comusa - Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo. Embora a situação ainda não exija racionamento, o diretor-geral da autarquia, Márcio Lüders, recomenda que a população faça uso consciente da água. "Temos que evitar o desperdício de água tratada justamente para evitar uma necessidade de racionamento".

Volume de chuvas deve ser baixo

Este verão não deve ter influência de fenômenos como El Niño ou La Niña, e são esperadas chuvas abaixo da média. Segundo a meteorologista da MetSul, Estael Sias, há uma diminuição no acúmulo de chuva desde novembro do ano passado. "Em dezembro choveu apenas 20 milímetros na região metropolitana, quando o esperado era de 100 milímetros. E até o dia 20 de janeiro não há previsão de chuva expressiva", diz Estael.

Além do acumulado de chuva não ser significativo na região, há também uma espaçamento entre as pancadas. Nesta quinta-feira (9), há a previsão de chuva, porém, ainda conforme a meteorologista, não será suficiente para reverter o quadro.

A onda de calor registrada em dezembro de 2019 também evidenciou os efeitos da estiagem no Estado. "Os sete dias dias da onda de calor acima dos 35 graus acentuou e acelerou os efeitos da estiagem e ressecamento do solo", destaca Estael.

Nesta quinta-feira (9), máxima chega aos 39 graus e são esperadas pancadas isoladas de chuva. Na sexta, há risco de temporais, mas o sol também deve aparecer e a máxima deve chegar aos 33 graus.

Nível do rio em São Leopoldo preocupa

Em São Leopoldo, o Rio dos Sinos segue abaixo da média. O nível do rio não tem passado de 1 metro, quando a média costuma ser entre 2 e 2,5 metros. Mas a prefeitura garante que o abastecimento de água não será afetado.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.