Publicidade
Notícias | Região Justiça Federal

Avaliados em quase R$ 7 milhões, carros de luxo da Indeal vão a leilão

No total, são 35 veículos, um deles uma lancha. Ferrari avaliada em R$ 670 mil é o bem mais caro a ser vendido

Última atualização: 18.03.2020 às 10:12

Ferrari avaliada em R$ 670 mil vai a leilão junto com outros 33 carros de luxo Foto: Polícia Federal
Mesmo que ainda não haja condenados no caso Indeal, a Justiça Federal vai leiloar os 34 carros de luxo e uma lancha apreendidos dos sócios da empresa de Novo Hamburgo acusada de lesar mais de 23 mil clientes e com uma dívida de mais de R$ 1,1 bilhão. Avaliados em quase R$ 7 milhões, os veículos vão a leilão no próximo dia 1º de abril.

A data foi marcada pela Justiça Federal é a abre as tentativas de venda. Neste dia, a venda será feita somente com lances no valor de avaliação. Caso não haja interessados, uma segunda data está marcada para 13 de abril, onde haverá desconto de 20% no lance mínimo.

Todo o valor arrecado com o leilão dos veículos ficarão deposiados em conta da Justiça até que haja o trânsito em julgado, ou seja, não haja mais possibilidade de recursos. O valor poderá ser usado para ressarcir vítimas da Indeal.

34 carros de luxo e uma lancha

O carro de luxo mais caro a ser ofertado é uma Ferrari California, fabricada em 2009, com 14.989 quilômetros rodados, e no valor de 670 mil reais. Na observação da leilora é dito que o veículo tem "raspado no para-choque traseiro, caixa de ar/roda traseira da lateral direita e risco na porta traseira da lateral direita". 

Ferrari California, fabricada em 2009, está avaliada em R$ 670 mil Foto: Reprodução/ Leiloeira Joyce Ribeiro

Em contrapartida, o mais barato é um Mercedes Benz C 200 K, 08/09, gasolina, prata, com 134.696 quilômetros rodados. Na primeira venda, o carro será oferecido por 35 mil reais. 

BMW X6, versão esportiva, de 575 cavalos, fabricado em 2017, avaliado em R$ 420 mil Foto: Reprodução/ Leiloeira Joyce Ribeiro

Já o carro mais potente é um BMW X6, versão esportiva, de 575 cavalos, fabricado em 2017, avaliado em 420 mil reais. Também há um Mustang GT blindado, 2019, com somente 413 quilômetros rodados. 

Entre os carros de luxo ofertados, estão ainda Dodge Challenger SXT, Porsche Cayenne, Jaguar Espace, Land Rover Evoque, Ram 2500 Laramie, entre outros.

Como será o leilão

 

O leilão será conduzido pela leiloeira Joyce Ribeiro e ocorrerá no auditório da Justiça Federal, em Porto Alegre, nos dias 1º e 13 de abril, às 14 horas. Os lances poderão ser feitos pessoalmente ou por meio do site www.leiloesjudiciaisrs.com.br. Para visitação prévia dos veículos, é preciso agendar horário. Há data de visitação aberta para 31/03, 8, 9 e 10/04. Também é necessário cadastro antecipado pelo e-mail contato@leiloesjudiciaisrs.com.brO arremate terá custo extra de 10% do valor do bem referente ao trabalho do leiloeiro e mais 0,5% de taxa da Justiça Federal, com limite de R$ 1.915,00. 

Operação Indeal

Prometendo lucros irreais, a InDeal, empresa de Novo Hamburgo, conseguiu aumentar o capital social de R$ 25 mil para R$ 100 milhões em 2018, por meio de negócios à margem do mercado de capitais. Alvo da Polícia Federal (PF), o esquema foi desbaratado, no dia 21 de maio do ano passado, pela PF e Receita Federal. Os cinco sócios e outras cinco pessoas ligadas à InDeal foram presos preventivamente pela Operação Egypto, mas respodem o processo em liberdade. Segundo a investigação, a empresa atuava como uma espécie de banco e sugeria a prática ilegal de pirâmide financeira.

Na época, o dinheiro e os bens apreendidos foram bloqueados pela Justiça. A evolução patrimonialdos acusados, que passaram da vida simples ao luxo, também despertou a atenção dos investigadores.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.