Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Saúde

Depois de surto de Covid-19 em posto de saúde, Hortêncio proíbe chimarrão compartilhado

Ordem de serviço é direcionada para todos os servidores municipais

Por Débora Ertel
Publicado em: 30.07.2020 às 13:17

Cozinha da prefeitura tem espaço para armazenar as cuias de uso individual Foto: Divulgação
Depois receber denúncias da comunidade que servidores Posto de Saúde estavam compartilhando a cuia de chimarrão durante o horário de trabalho, o prefeito de São José do Hortêncio teve que tomar uma atitude drástica. Egídio João Grohmann publicou nesta quarta-feira (29) uma ordem de serviço proibindo o compartilhamento da cuia entre os servidores municipais, de todas as repartições, no horário de trabalho e durante os intervalos. “É uma vergonha! É lamentável tem que usar este tipo de expediente, ainda mais porque a denúncia veio de uma situação do posto de saúde, onde todo mundo deveria dar o exemplo, mas alguns não deram”, declara a assessora jurídica do município Fernanda Kock.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Recentemente, o posto foi fechado porque foi registrado um surto de coronavírus entre os funcionários.
Segundo o documento, o servidor que for flagrado descumprindo a ordem de serviço, terá a falta apurada em processo administrativo disciplinar e sofrerá as penalidades previstas no regime jurídico dos servidores municipais. Fernanda explica que a ordem de serviço é uma garantia legal que a administração precisou adotar para poder apurar qualquer tipo de irregularidade que possa ocorrer daqui pra frente. “Ninguém vai poder alegar que não sabia”, diz. Conforme a assessora, os funcionários públicos podem tomar chimarrão desde que utilizem cuias individuais. Tanto que na cozinha do centro administrativo há um espaço reservado para que os servidores possam deixar seus utensílios.

São José do Hortêncio, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde, tem 42 casos confirmados da doença. Embora esteja na região de Novo Hamburgo, pode seguir os protocolos da bandeira laranja, pois não teve óbitos registrados.

Ordem ser serviço que proíbe o compartilhamento de chimarrão nas repartições públicas municipais Foto: Divulgação


Situação do posto de saúde

No dia 17 de julho a prefeitura divulgou uma nota informando que por conta de um surto de coronavírus no posto de saúde, o atendimento ao público seria somente em carácter de emergência. Além disso, atendimento na Farmácia Básica foi suspenso, pois as funcionárias do setor também tinham testado positivo para Covid-19. Somente no dia 23 de julho o serviço começou a ser retomado. Dados da SES indicam que de 15 a 18 de julho 13 pessoas tiveram diagnóstico confirmado para Covid-19 na cidade, sete deles na faixa etária entre 20 e 39 anos.
Entre os funcionários do posto de saúde que compartilharam chimarrão com colegas, conforme as denúncias feita pela população, estaria a técnica em enfermagem e presidente da Câmara de Vereadores, Ester Koch. A vereadora nega as acusações e garante que sempre toma chimarrão sozinha, na cuia que trouxe de casa. “Eu não compartilho com outras pessoas. Eu deixo minha a cuia lá na cozinha. Agora se alguém vai lé a toma, eu não tenho como dizer”, disse.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.