Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Polícia

Detidos em delegacias de Novo Hamburgo e São Leopoldo vão cumprir quarentena

Novo Centro de Triagem vai funcionar a partir de 1º de agosto no Instituto Penal de Novo Hamburgo

Publicado em: 30.07.2020 às 16:19

Linhares, Calderon, Roberta, Noschang e Veiga fizeram visita técnica Foto: Divulgação/Susepe

A partir de 1° de agosto, um Centro de Triagem (CT) passará a funcionar no Instituto Penal de Novo Hamburgo (Ipnh) como uma unidade para que detidos em delegacias de polícia na cidade e em São Leopoldo cumpram quarentena de 14 dias.

Antes de serem transferidas para o sistema prisional, os detidos serão submetidos ao teste de detecção do coronavírus. Em caso de positivo, precisarão permanecer em isolamento, conforme orientações da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) estão seguindo todos os protocolos para reduzir ao máximo a possibilidade de avanço do novo coronavírus em presídios. A construção do CT é parte de ações implementadas nesse sentido.

"Estávamos cientes de que, com a expansão da doença na sociedade em geral, aumentariam os casos entre a população prisional. Por isso, o plano de contingência prevê áreas de isolamento, como esta agora disponibilizada, buscando reduzir, ao máximo, o risco de aglomeração de pessoas presas nas delegacias de polícia", afirma o secretário da Seapen, Cesar Faccioli.

Superintendente da Susepe, Cesar da Veiga ressalta o esforço da direção do IPNH e a equipe de segurança por terem estruturado, de forma rápida e eficaz, as vagas de isolamento, que irão atender à 1ª Região Penitenciária (Vale do Sinos e litoral). Veiga destaca também o empenho do juiz Fernando Noschang na concretização do projeto.

O superintendente da Susepe realizou uma visita técnica ao local acompanhado pelo juiz Noschang, pela da juíza Roberta Penz de Oliveira, ambos da Vara de Execuções Criminais de Novo Hamburgo.

"Com o avanço da Covid-19, surgiu a necessidade de busca por soluções visando minimizar os problemas enfrentados na manutenção de presos em delegacias, especialmente neste momento delicado de pandemia. A instalação do novo Centro de Triagem de Novo Hamburgo não só auxiliará no enfrentamento desse problema como também evitará a contaminação em massa no sistema prisional", afirma a juíza Roberta de Oliveira.

O delegado penitenciário Benhur Calderon explica que a 1ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR) se empenha diante dos desafios. "A construção do CT demonstra uma preocupação com a saúde de todos, uma vez que vai retirar os detidos das delegacias e evitar aglomeração para também preservar a saúde das pessoas que buscam serviços e dos policiais civis", acrescenta.

São 31 vagas

Reformado com mão de obra prisional, o local terá 31 vagas. A estrutura recebeu melhorias na rede elétrica e hidráulica, além de nova pintura. A obra, que durou 20 dias, teve custo total de R$ 31,4 mil, pagos com recursos da Susepe.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.