Publicidade
Notícias | Região São Leopoldo

Lar de idosos é interditado após todos os 27 residentes testarem positivo para Covid-19

Local, que é particular, fica no bairro Fião, em São Leopoldo. Dos 17 funcionários, 9 também tiveram resultado positivo para coronavírus

Publicado em: 01.08.2020 às 13:29

A Prefeitura de São Leopoldo interditou uma Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI), nesta sexta-feira (31), após identificar que todos os moradores do local testaram positivo para coronavírus.

Após notificação por surto de Covid-19 no local, no início da semana, quando foi confirmado que uma funcionária e um idoso, que acabou falecendo, estavam com coronavírus, segundo nota da Superintendência de Comunicação da Prefeitura de São Leopoldo, todos os idosos e trabalhadores da Geriatria Lar do Idoso, localizado na Rua Jacob Wieckert, no bairro Fião, foram testados pelas equipes do Centro de Testagem Municipal (CTM).

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Segundo a nota, pela análise feita com testes rápidos com amostra de sangue para IGG e IGM, todos os 27 idosos moradores do local testaram positivo para o novo coronavírus. Além deles, outros 17 trabalhadores foram testados, e destes, nove tiveram resultado positivo. “De imediato foi lavrada a interdição total do local, para a desocupação imediata e tomada urgente das medidas de sanitização, conforme o plano de contingência da Instituição”, informou o texto.

Ainda de acordo com a Prefeitura, os idosos apresentavam apenas sintomas leves, e as famílias foram acionadas pela direção do local para que viessem buscar seus familiares, garantindo o isolamento domiciliar. As famílias foram orientadas a procurar os serviços de saúde conforme necessidade ou avanço de sintomas, considerando que os idosos são do grupo de risco.

“Hoje (sexta-feira), com a testagem pelas nossas equipes, não restou outra medida que não fosse a interdição. Temos uma preocupação enorme com a saúde da nossa população, especialmente dos idosos por serem mais vulneráveis, já estamos comunicando e pedindo atenção do Ministério Público ao fato”, destacou o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsad), Ricardo Brasil Charão.

A Semsad também informou que realiza fiscalização permanente junto às 24 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) da cidade, quanto ao cumprimento das medidas de uso de EPIs e demais determinações específicas conforme legislação.

A reportagem tentou contato com o lar, mas não teve sucesso.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.