Publicidade
Notícias | Região Transporte público

Justiça manda Trensurb testar os metroviários para Covid-19

A decisão atende pedido do Sindimetrô

Publicado em: 14.01.2021 às 21:28 Última atualização: 14.01.2021 às 21:29

A Trensurb terá que fazer o teste de Covid-19 nos metroviários e repeti-lo a cada 21 dias, mesmo que o trabalhador esteja assintomático. A medida judicial deve ser cumprida enquanto vigorarem os Decretos Estaduais de enfrentamento da Covid-19. A decisão da juíza Daniela Elisa Pastório da 1a Vara do Trabalho de Leopoldo, atende ação do Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul. A magistrada estabeleceu multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento da decisão, a contar da data da notificação.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Trensurb apontou que não recebeu nenhuma notificação da Justiça quanto a isso, mas que já conta com um serviço de triagem e testagem dos metroviários para a doença.

O presidente do Sindimetrô/RS afrima que a medida traz mais segurança aos metroviários da linha de frente, que não pararam nunca e também aos usuários do trem. "Foram seis meses de disputa judicial, mas conseguimos garantir que os metroviários sejam testados periodicamente", declarou Luís Henrique Chagas.

Ainda em maio de 2020 o sindicato fez convênio com a Unisinos e posteriormente com a Feevale, para testar os trabalhadores. Nesse período foram realizados cerca de 700 testes PCR.

Da tramitação

O Sindimetrô ajuizou a ação em 17 de julho do ano passado, no auge da pandemia, e conseguiu uma liminar no dia 27 de julho. Mas a Trensurb recorreu e a liminar foi cassada em 30 de julho.
Seis meses depois, no julgamento do mérito, o pedido foi considerado procedente. A decisão abrange 850 metroviários da base da entidade.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.