Publicidade
Notícias | Região Efeito pandemia

Moradora de Morro Reuter morre à espera de leito de UTI

Mulher de 93 anos estava desde o dia 19 de fevereiro aguardando um leito

Por Débora Ertel
Publicado em: 23.02.2021 às 11:37 Última atualização: 23.02.2021 às 18:31

Uma moradora de Morro Reuter, de 93 anos, morreu na noite desta segunda-feira (22) à espera de um leito de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A idosa, que tinha histórico de outros problemas de saúde como hipertensão e demência grave, entrou na lista de regulação do Estado no dia 19 de fevereiro segundo informações da prefeitura.

Por conta da lotação de leitos motivada pelo aumento de casos de coronavírus, ela não conseguiu vaga em nenhuma UTI do Estado.

Na região liderada por Novo Hamburgo, no qual Morro Reuter faz parte, a taxa de ocupação de leitos de UTI na manhã desta terça-feira era de 104,4%, conforme a plataforma Covid do governo do Estado. No entanto, a lotação está acima de 100% desde sexta-feira da semana passada.

Conforme o governo do Estado, as internações em leitos clínicos e de UTI no Rio Grande do Sul neste momento é de 181 por dia. O número é quase três vezes maior ao comparado com novembro, quando aconteceu o pico da segunda onde de contaminação por Covid-19. Na época, eram 67 internações diárias.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

TAGS: covid leitos uti
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.