Publicidade
Notícias | Região Bom Exemplo

Casal já plantou mais de duas mil árvores por Campo Bom

Há 4 anos o agente de trânsito Raul Fröhlich e a Maria Inês Zanatta Fröhlich iniciaram projeto ambiental

Publicado em: 13.04.2021 às 03:00 Última atualização: 13.04.2021 às 09:01

Raul Fröhlich e a esposa Maria Inês cultivam mudas para plantar árvores em Campo Bom Foto: Inézio Machado/GES

No final de 2021 completam-se quatro anos que o agente de trânsito Raul Fröhlich, 54, resolveu deixar Campo Bom mais verde. Foi em dezembro de 2017 que decidiu começar a plantar árvores por diferentes ruas. Ele e a esposa, a professora aposentada Maria Inês Zanatta Fröhlich, 57, começaram o projeto do plantio de mudas de árvores na Avenida Brasil, entre a Avenida João XXIII e a Rua Aimoré.

De lá para cá, já são mais de 2 mil árvores, entre frutíferas, com flor, ou com folhas que proporcionam sombra. Porém, o que era um trabalho feito a quatro mãos, tem ganhado o apoio de outros moradores, que doam mudas e ajudam a mantê-las regadas e protegidas para tornar a cidade mais arborizada.

A dedicação à natureza é feita pelo agente de trânsito nas horas de folga. Fröhlich e a esposa Maria Inês saem de casa carregando mudas e instrumentos de jardinagem, como picareta, enxada, cavadeira e pá, além de baldes. "É um serviço voluntário. Trabalho no trânsito das 7 às 13 horas e de tarde estamos livres. Minha esposa é meu 'braço direito'. Eu chego em casa e ela já pergunta para onde vamos hoje", conta, sorridente.

Quase quatro anos e duas mil árvores depois, o casal já percebe retorno. "Agora está chamando atenção. As famílias estão se engajando, fazendo mudas para nós, estão ajudando a cuidar, limpar, dando água", relata, Fröhlich, em tom de agradecimento. Para ele, os cuidados com a natureza são simples. "Basta querer fazer", arremata.

Atenção à lei

Para cultivar árvores é importante ter orientações corretas antes de escolher as espécies. O secretário de Meio Ambiente de Campo Bom, Jeferson Timm explica que o município tem lei específica que regulamenta projeto de arborização. "A recomendação básica é plantar mudas nativas e de acordo com o Plano de Arborização." O projeto da prefeitura tem como estratégia o envolvimento da comunidade no plantio de árvores e na educação ambiental. Cidadãos e empresas podem aderir.

 

Orientações importantes sobre plantio

Em março de 2020, a prefeitura de Campo Bom lançou o próprio Plano de Arborização Urbana. O Horto Municipal disponibiliza mudas para a população plantar no pátio sob orientação de técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) que indica quais são as árvores mais apropriadas para cada situação.

As espécies mais recomendadas para locais com fiação elétrica são chal-chal, pitanga, goiaba-da-serra, ipê amarelo e aroeira-salsa, enquanto em locais sem fiação é possível empregar árvores maiores, como ipê-rosa, pau-ferro, sibipiruna e jacarandá. Para solicitar mudas é possível comparecer pessoalmente na Sema, ou ainda enviar um e-mail para sema@campobom.rs.gov.br ou contatar pelo telefone 3598-8643.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.