Publicidade
Notícias | Região SISTEMA 3AS

Novo Hamburgo recebe aviso do Estado por aumento da ocupação de UTIs

Grupo de Trabalho emitiu avisos para quatro regiões neste sábado. Além de Novo Hamburgo, Porto Alegre, Capão da Canoa e Guaíba foram notificados

Publicado em: 22.05.2021 às 14:11 Última atualização: 10.07.2021 às 16:19

O GT Saúde emitiu, neste sábado (22), quatro novos Avisos no Sistema 3As de Monitoramento. Após reunião nessa sexta-feira, a equipe técnica decidiu emitir Avisos para as regiões de Porto Alegre, Capão da Canoa, Guaíba e Novo Hamburgo.

Na região de Novo Hamburgo o aviso é motivado principalmente pelo aumento da ocupação de leitos de UTI. A taxa de ocupação é de 72,4%. O GT aponta ainda aumento no número de novos casos, embora em nível inferior ao do estado. A ocupação de leitos clínicos permanece estável.

As prefeituras dos municípios dessas regiões já foram informadas. Para as regiões de Santa Maria, Pelotas, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Bagé e Erechim, que receberam Avisos durante a semana, o GT Saúde manteve a orientação, pois não houve melhora do quadro epidemiológico que justificasse a suspensão do Aviso.


Oito regiões em alerta, cinco em ação
O GT ainda manteve os oito Alertas já recomendados e confirmados pelo Gabinete de Crise. Das oito regiões em Alerta, cinco já se encontram sob Ação. Isso significa que as regiões Covid de Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Ijuí, Passo Fundo e Santo Ângelo já enviaram planos com ações e protocolos adaptados à situação epidemiológica de cada uma. As novas regras definidas pelas regiões já foram implementadas.

Caso o Gabinete de Crise considere que as medidas não sejam suficientes, entrará em contato com a região para a adoção de medidas complementares.

As outras três regiões em Alerta – Santa Rosa, Uruguaiana e Palmeira das Missões – devem enviar os planos de ação até o final da tarde deste sábado (22), quando finaliza o prazo de 48 horas a partir da notificação por parte do Estado.

Até as 12h deste sábado (22), somente a região de Uruguaiana havia enviado o plano. As regiões podem aplicar os protocolos mais adequados à situação epidemiológica atual de forma imediata, mesmo antes da comunicação ao Gabinete de Crise, visando reverter a situação, sem haver necessidade de esperar até o fim do prazo.

TAGS: aviso covid
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.