Publicidade
Notícias | Região Investimentos em saúde

Hospital São José de Ivoti inaugura Centro de Endoscopia e recebe novos equipamentos

Ambas as melhorias, que totalizam cerca de R$ 1,1 milhão, foram apresentadas em evento organizado na casa de saúde.

Por Bianca Dilly
Publicado em: 03.06.2021 às 05:00 Última atualização: 03.06.2021 às 15:42

Lançamento do Centro de Endoscopia (Cendo) e modernização do centro diagnóstico do Hospital São José, de Ivoti Foto: Bianca Dilly/GES-Especial

Mesmo com as atuais dificuldades enfrentadas pelos serviços de saúde, nesta quarta-feira (2) o Hospital São José (HSJ), de Ivoti, celebrou duas conquistas: o lançamento do Centro de Endoscopia (Cendo) e a modernização do centro diagnóstico, com novos equipamentos de ecografia e mamografia. Ambas as melhorias, que totalizam cerca de R$ 1,1 milhão, foram apresentadas em evento organizado na casa de saúde.

Com as alterações, o HSJ agora conta com ecógrafo e mamógrafo mais modernos, bem como amplia os exames oferecidos no Cendo. Além da endoscopia digestiva alta, passa a integrar no atendimento colonoscopias diagnósticas e procedimentos terapêuticos, como escleroterapia, gastrostomia endoscópica e ressecção de lesões por endoscopia.

"Continuamos lutando com desafios, que foram ampliados pela pandemia. Mas esses equipamentos ajudam o hospital a melhorar o seu serviço aos pacientes, trazendo mais qualidade, diversificando atendimentos e podendo ter ganhos financeiros", destaca a vice-diretora da casa de saúde, irmã Valquíria Silveira.

Só no Centro de Endoscopia, que passou por obras e pela aquisição de aparelhos, foram investidos cerca de R$ 800 mil. "Só foi possível porque o maior investidor é a empresa. O hospital entrou com o espaço e alguns equipamentos de menor custo. Somos gratos pela parceria com a Equipe da Cendo", ressalta Valquíria.

As negociações para a implementação iniciaram no ano passado. "As obras iniciaram no final de janeiro", acrescenta. A Cendo é coordenada pelo presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva no Rio Grande do Sul, Ari Ben-Hur Leão.

Já em relação à ecografia e mamografia, os equipamentos foram adquiridos com recursos do Ministério da Saúde, através de emenda parlamentares dos deputados Maria do Rosário e José Fogaça. O custo total foi de R$ 300 mil.

Atendimento inicia com parcerias, convênios e particulares

Com agenda já aberta, no início o Cendo realizará exames para as prefeituras de São José do Hortêncio e Presidente Lucena, além de convênios e particulares. A expectativa do HSJ também é de firmar acordos com outros municípios em breve.

Atualmente, há uma média de 130 mamografias e 160 ecografias por mês. “Se tiver demanda, teremos como aumentar. E os equipamentos anteriores continuam à disposição”, frisa Valquíria. Sobre a Cendo, o coordenador Ben-Hur Leão destacou: “Temos qualidade técnica, atendimento humanizado e estrutura para 400 atendimentos endoscópicos por mês”, diz. Ele ainda ressaltou a importância da implementação do centro. “Confiar e investir em um projeto no cenário de incertezas que vivemos exige bastante coragem e determinação, o que foi demonstrado aqui”, evidencia.

Participação no evento

O evento desta quarta-feira (2) foi dividido em dois momentos. No primeiro deles, participaram o prefeito de Ivoti, Martin Cesar Kalkmann, o secretário municipal de Saúde, Marcelo Bernardes, a coordenadora provincial das Irmãs de Santa Catarina, Veronice Weber, a presidente da Câmara de Vereadores, Marli Heinle Gehm, a superintendente da Associação Congregação Santa Catarina, Sandra Isabel Pizzolato, o diretor administrativo do hospital, Rodrigo Pérez, a coordenadora de enfermagem da casa de saúde, Marilza Bernardes, equipe médica da Cendo, irmãs e colaboradores.

Depois, foi a vez das demais prefeituras atendidas, da representante da deputada Maria do Rosário, diretoria técnica e presidência do conselho de saúde.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.