Publicidade
Notícias | Região Lauro Reus

Hospital de Campo Bom sofre nova pane no sistema de distribuição de oxigênio

Caso aconteceu na manhã desta segunda-feira e já teria sido contornado pela equipe técnica

Publicado em: 07.06.2021 às 09:05 Última atualização: 07.06.2021 às 11:04

Investigada suspeita de nova pane no sistema de oxigênio no Hospital Lauro Reus Foto: Susi Mello/GES-Especial
O sistema de distribuição de oxigênio do Hospital Lauro Reus de Campo Bom sofreu nova pane na manhã desta segunda-feira (7). Diferentemente da situação ocorrida em março, quando por 30 minutos houve interrupção no serviço, o problema hoje teria durado menos de 5 minutos.

Procurada, a assessoria de imprensa do hospital confirma que o alarme do sistema de oxigênio foi acionado nesta segunda-feira e que está em contato com a empresa para esclarecer o ocorrido. A direção afirma ainda que os "níveis de oxigênio foram checados e o abastecimento se encontra normalizado." (abaixo, confira a nota na íntegra)

Funcionários, que pedem para não ser identificados, confirmam que houve uma pane nesta manhã, mas que não teria afetado o tratamento dos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou Emergência. Em março, seis pessoas internadas nas duas alas acabaram morrendo pela interrupção do oxigênio. No final de semana, conforme relato de um enfermeiro que estava de plantão, o sistema operava normalmente, "sem qualquer problema."

Integrante da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga a pane de março no Lauro Reus, o vereador Celso Rodrigues da Silva (Republicanos), o Celsinho, está no hospital desde o início da manhã. Ele conversou com o técnico do hospital que fazia a manutenção, por volta das 8h30, e que confirmou uma baixa pressão no sistema às 7h28. O profissional não estava de plantão no horário, mas foi acionado para vir ao hospital de forma emergencial.  

"A gente tem a informação de que foram 4 minutos de baixa pressão e o problema foi rapidamente contornado. Felizmente, não afetou a terapia dos pacientes", destacou o vereador.

Na íntegra, confira a nota emitida pelo Hospital Lauro Reus

"A direção do Hospital Lauro Reus, não confirma qualquer óbito, nem mesmo qualquer paciente desassistido por falta o Oxigênio. A direção está em contato com a empresa fornecedora do O² para saber qual o motivo do alarme ter soado no início da manhã desta segunda-feira. Condição essa que deverá ser esclarecida no decorrer do dia. Ressalta que, no mesmo momento os níveis foram checados e o abastecimento se encontra normalizado. Outrossim repudiamos toda e qualquer notícia ou comentários em redes sociais que não reflitam a verdade ou apenas com o intuito de causar pânico e desinformação. Qualquer nota formal será postada nas redes oficiais ou no site da instituição."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.