Publicidade
Notícias | Região Comunidade

Família pede ajuda após perder tudo em incêndio em São Leopoldo

Em poucos minutos, fogo consumiu a casa onde vivia casal e dois filhos no Arroio da Manteiga

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 08.07.2021 às 03:00 Última atualização: 08.07.2021 às 10:12

A operadora de embalagem Roselei da Silva Moraes, 34 anos, dormia na tarde de segunda-feira quando foi acordada com o fogo já consumindo a pequena casa onde ela morava com o marido, o eletricista Josenei Rodrigues de Moraes, 37, e os filhos João Pedro, 3, e Gabriel, 14. O descanso antes de mais um turno de trabalho à noite foi interrompido de forma assustadora.

"Acordei com o fogo já na porta do meu quarto. Me desesperei porque não encontrava o meu filho caçula. Foi então que voltei para dentro de casa para procurar por ele", lembra. Do retorno desesperado de Roselei para a residência em chamas restaram queimaduras, especialmente nas mãos e braços.

Fogo destruiu a casa da família na tarde de segunda-feira no bairro Arroio da Manteiga Foto: Corpo de Bombeiros/Especial

O filho pequeno por quem ela procurava havia saído de casa instantes antes, pulado a cerca e gritava por socorro junto às casas vizinhas. "Meus filhos saíram apavorados. Enquanto o pequeno foi em busca de ajuda, o maior voltou para me acordar. Foi Deus que permitiu que nada de pior acontecesse. Em questão de minutos tudo o que tínhamos queimou", recorda.

Os bombeiros foram acionados às 16h28. Quando chegaram no endereço, na Rua da Reserva, no bairro Arroio da Manteiga, a casa de Roselei já havia sido tomada pelo incêndio e o fogo estava passando para o domicílio ao lado. Guarnições de São Leopoldo e de Portão atuaram no combate às chamas e conseguiram evitar que o fogo se alastrasse para a residência vizinha. Ao todo, seis soldados trabalharam no atendimento à ocorrência e utilizaram cerca de nove mil litros de água para apagar o incêndio.

Solidariedade

Roselei e a família, que ficaram apenas com as roupas que vestiam, foram abrigados na casa de um cunhado dela. Com a ajuda de vizinhos conseguiram doações de agasalhos, calçados, cobertores e colchões. Agora, enquanto agilizam a busca por documentos, ela e o marido pedem apoio para reerguerem o imóvel e recomeçarem a vida ao lado dos filhos.

"Nossa casa tinha sala, cozinha, banheiro, garagem, lavanderia e dois quartos e tudo foi consumido em poucos segundos. Pedimos ajuda por meio da doação de material de construção para reconstruirmos nossa vida", diz Roselei. Quem puder ajudar a família com material ou mão de obra para a construção da nova casa pode entrar em contato com Roselei por meio do telefone (51) 98016-0756.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.