Publicidade
Notícias | Região Melhores condições de trabalho

Após negociação, funcionários fecham acordo para uso do banheiro em indústria da região

Termina impasse entre sindicato e empresa calçadista

Por Matheus Chaparini
Publicado em: 09.07.2021 às 03:00 Última atualização: 09.07.2021 às 09:05

Um acordo coletivo de trabalho marcou a conclusão de uma negociação entre a empresa Zenglein e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçado. O documento visa "implementar melhores condições de trabalho, em especial no que diz respeito ao uso do banheiro", e tem vigência de dois anos. A assinatura ocorreu na noite de ontem, após a aprovação dos termos em assembleia dos funcionários no pátio da fábrica.

Assembleia no pátio da fábrica aprovou acordo entre a empresa Zenglein e o Sindicato dos Sapateiros Foto: Divulgação

"A aprovação foi unânime. O acordo foi um avanço nesta empresa. Agora faltam todas as outras. Temos que ter o livre acesso ao banheiro e mais curingas exclusivamente para fazer essa substituição, para as pessoas poderem ir ao banheiro durante a sua jornada sem horário estipulado", afirma a tesoureira do sindicato, Jaqueline Erthal.

O documento prevê que os funcionários devem ter livre acesso ao uso do banheiro durante toda a permanência dentro da fábrica. Ficou definida também a quantidade mínima de um "curinga" para cada 25 funcionários. Em função do sistema de produção ser em esteira, para que um operário deixe o posto, é necessário que seja substituído por um curinga.

Termos

O texto ressalta que a prioridade deste funcionário fica sendo a de substituir os colegas que precisarem ir ao banheiro. De acordo com o sindicato, até então, havia um curinga para cada esteira, onde trabalham cerca de 40 funcionários, e ele tinha também a função de fazer consertos.

Em relação ao intervalo de 10 minutos por turno, que é concedido pela empresa, ficou definido que este período é de livre aproveitamento do funcionário. "Esse intervalo, antes, era para o uso do banheiro. Essa folga é para fazer um lanche, se alongar ou descansar. Não precisa ir ao banheiro. Se quiser e for de livre e espontânea vontade, pode ir", diz Jaqueline.

Empresa destaca diálogo

A Zenglein comentou o acordo através de nota oficial ontem à tarde:

"A empresa teve o maior interesse em realizar o acordo com o Sindicato pois o objetivo com tal ação é priorizar melhorias que prezem pelo bem-estar do funcionário.

"O aumento de equipe específica para substituições nas esteiras, a construção de novos banheiros no andar térreo da produção e a implantação de reuniões periódicas com o Sindicato foram propostas sugeridas pela empresa e debatidas com o Sindicato com o intuito de uma conversa e melhoria contínua.

"Ressaltamos que o caso ocorrido foi isolado, pelo qual lamentamos profundamente e reforçamos também que todo e qualquer funcionário tem acesso ao banheiro. Com o acordo isso está ainda mais claro e documentado."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.