Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região AÇÃO INESPERADA

Grupo suspeito de furtar ao menos dez carros por semana é preso em Canoas

Após o expediente, policiais flagraram e abordaram suspeitos em um posto de combustíveis na noite de quarta-feira (3)

Publicado em: 04.11.2021 às 16:15 Última atualização: 04.11.2021 às 16:22

A Polícia Civil levou à cadeia um grupo suspeito de furtar veículos na Região Metropolitana de Porto Alegre. Na noite de quarta-feira (3), em um posto de combustíveis de Canoas, cinco homens foram presos em flagrante. Segundo a Polícia, o grupo seria responsável por furtar ao menos dez veículos por semana.

Suspeitos foram presos na noite de quarta-feira (4) em Canoas
Suspeitos foram presos na noite de quarta-feira (4) em Canoas Foto: Polícia Civil

O ataque foi por acaso e supreendeu a quadrilha. Os policiais haviam deixado o expediente e parado para jantar em um posto de combustíveis, na área central da cidade, quando viram um suspeito chegando ao local.

Sozinho, o homem, que já era investigado pela 1ª Delegacia de Polícia de Canoas, estacionou o veículo no posto e desceu com uma maleta. Ele encontrou outros quatro, que estavam à espera em outro carro.

Os policiais fizeram a abordagem e renderam os suspeitos. A investida foi certeira. Em revista a um dos veículos, encontraram dois rádios ligados na frequência da Brigada Militar (BM), além de ferramentas utilizadas para furtos e até um Chapolin - aparelho usado para bloquear o acionamento de alarmes.

Suspeitos do Paraná

De acordo com o delegado Rafael Soares, que coordena o trabalho na 1ª Delegacia, o grupo seria responsável por um "número considerável de furtos" cometidos na região metropolitana. A Polícia ainda apura os números, mas a estimativa é de ao menos dez por semana.

Com os presos, os policiais encontraram documentos que comprovam que alguns dos envolvidos vieram do Paraná. Três veículos acabaram apreendidos.

Conforme o delegado Mario Souza, diretor da 2ª Delegacia de Polícia (DP), o comprometimento dos policiais foi "essencial" para a prisão. "Mesmo de folga, agiram com rapidez e eficiência."

Dados da Segurança Pública

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-RS) ainda não divulgou os indicadores criminais referentes ao mês de outubro no Rio Grande do Sul. Assim, é possível contabilizar somente os números dos primeiros nove meses do ano.

De janeiro a setembro, um total de 535 veículos foram levados de Canoas por criminosos. Desse total, 179 foram roubados e 356 foram objeto de furtos, cometidos na ausência do proprietário.

Segundo o delegado Mario Souza, a ação policial, que se estendeu até a madrugada desta quinta-feira (4), colabora justamente para a diminuição desse indicador. Ele batizou a ofensiva de Operação Controle, em alusão aos equipamentos apreendidos com os criminosos. "Eles foram flagrados com vasto material usado unicamente para abrir veículos."

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.