Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região POLÍCIA FEDERAL

Pontos de venda de cabos furtados da Trensurb ficavam às margens da linha do trem

Operação da PF cumpriu mandados em São Leopoldo

Publicado em: 04.11.2021 às 08:16 Última atualização: 05.11.2021 às 11:03

Durante a operação 6.6kV, agentes da Polícia Federal cumpriram, na manhã desta quinta-feira (4), quatro mandados de busca e apreensão, em São Leopoldo. O objetivo foi coibir o furto de cabos que tem ocorrido com frequência nas linhas de trem da Trensurb. 

Operação mirou pontos comerciais em São Leopoldo
Operação mirou pontos comerciais em São Leopoldo Foto: Polícia Federal/Reprodução

Foram identificados pontos comerciais que seriam receptadores dos materiais furtados da empresa pública federal. Segundo a Polícia, esses pontos ficam às margens da linha do trem. Os objetos seriam revendidos por esses comerciantes na região.

A investigação teve início em setembro e identificou, ao menos, três possíveis locais que recebiam materiais furtados da Trensurb. De acordo com a Polícia Federal, o furto é feito, geralmente, por usuários de drogas. Esses estabelecimentos seriam incentivadores dos crimes e há indícios de que também estariam repassando drogas aos responsáveis pelos furtos.

Prejuízo

O prejuízo estimado pela Trensurb em decorrência do furto de materiais, de janeiro a agosto de 2021, é de aproximadamente R$ 770 mil. Além da perda patrimonial, os furtos provocam a paralisação do transporte público e aumentam o risco de acidentes na linha férrea.

Aumento de furtos

No ano de 2021, houve aumento exponencial nas ocorrências de furto de materiais dos trilhos do trem. Para a Polícia, a elevação do número de casos pode ter relação com a valorização do metal cobre, principal matéria-prima encontrada nos cabos de energia do sistema.

Segundo a PF, o nome da operação é uma referência ao modelo do principal cabo de energia encontrado na linha férrea (‘6.6kV’). Esse material possui alta quantidade de cobre em sua composição.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.