Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região CRIME ORGANIZADO

'Atriz' do golpe dos nudes confessa que fez vídeos por R$ 3 mil a mando de detento

Mãe e filha foram presas no bairro Primavera, em Novo Hamburgo

Por Silvio Milani
Publicado em: 23.11.2021 às 22:05 Última atualização: 24.11.2021 às 10:45

Nova operação policial contra o golpe do nudes, deflagrada na manhã de terça-feira (23) no Estado, confirma o Vale do Sinos como protagonista na constrangedora modalidade de extorsão pelo País.

Foi presa em casa, no bairro Primavera, em Novo Hamburgo, uma “atriz” de quadrilha comandada por detento de Montenegro. A mulher de 45 anos interpretava a mãe de uma adolescente para fisgar vítimas. No mês passado, um traficante hamburguense e dois irmãos foram indiciados por aplicar o mesmo crime no norte de Minas Gerais.

Agentes do Deic cumpriram mandados ontem para desbaratar rede de extorsão
Agentes do Deic cumpriram mandados ontem para desbaratar rede de extorsão Foto: Polícia Civil

A prisão temporária foi cumprida por volta das 8 horas por agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ao mesmo tempo, em outra residência no Primavera, foi capturada a filha de 25 anos da “atriz”.



“Era para averiguar se a jovem é outra que aparece em vídeos do golpe, o que não foi confirmado e ela acabou sendo liberada no fim da tarde”, declara o delegado de Repressão aos Crimes Informáticos do Deic, André Anicet, coordenador da Operação Sextorsion. A filha, também ligada a detentos, continua sendo investigada. “Mandamos imagens para perícia.”

Confessou

Já a mãe não teve como negar. Tanto que confessou. “Ela disse que estava precisando de dinheiro e que fez dois vídeos, há dois anos, por R$ 1,5 mil cada. Um deles viralizou e passou a ser usado por vários grupos criminosos em vários Estados”, conta o delegado.

Segundo Anicet, o Deic vinha tentando identificar a “atriz” há alguns meses. “A gente tem dois vídeos que ela fez.” A hamburguense já tinha sido presa por receptação e organização criminosa. No interrogatório, falou que trabalha como cuidadora de idosos.

Financeiro

Os policiais prenderam uma terceira mulher em Farroupilha. “Essa tem vínculo com a de Novo Hamburgo e também com presos. Era um braço financeiro do grupo. Recebeu valores do golpe em conta bancária.”

Houve ainda cumprimento de dez mandados de busca, um deles na cela de um preso na Penitenciária Modulada de Montenegro, e em Caxias do Sul. “Apreendemos celulares e documentos, entre outros objetos, que servirão para aprofundar as investigações.”

A falsa mãe desesperada

O golpe do nudes segue em alta pelo País. Os homens são atraídos por jovens atraentes nas redes sociais, que geralmente são presos se identificando com fotos tiradas da internet, e acabam envolvidos numa espécie de namoro virtual. Iludidos com o recebimento de imagens íntimas, muitas vezes com apelo sexual, são convencidos a enviar deles nas mesmas condições. É aí que entrava a figura da mãe atormentada, interpretada pela hamburguense.

No vídeo que viralizou, a investigada, de óculos e aparelho ortodôntico, dramatiza: “Peguei o telefone da minha filha e vi essas ‘porcaria’ aqui. O que você está pensando, seu pedófilo, seu doente? Onde já se viu fazer uma coisa dessa com minha menina? Minha menina tem só 13 anos, é uma criança. Tu tá louco da cabeça? Tu acha que ela não tem pai nem mãe? Isso não vai ficar assim. Vou na delegacia, vou registrar uma ocorrência e vou mandar um delegado te prender”. 

Simulavam delegacia e até velório

A quadrilha conseguiu simular uma delegacia de polícia em vídeo. Aparece uma falsa mãe, que não seria a hamburguense presa no Primavera, falando a um homem que se passa por policial. Atrás da mulher, há banners idênticos ao da Polícia Civil. “Não aguento mais viver desse jeito”, diz ela, com representação de choro. E segue: “Não mereço isso nem minha filha. Peguei o telefone dela e mostrei as provas pra vocês”. As imagens impressionaram muitas vítimas. Serviram de gancho para falsos policiais ligarem para extorquir em troca de arquivamento de inquérito.

A criatividade cênica dos golpistas apela até para velório. Conforme o delegado, fizeram vídeo com carro de perícia para dizer que a jovem tinha se matado. “Também simulam um funeral, com pessoas chorando, e pedem dinheiro para arcar com os custos do enterro.”

Escola do crime

A Polícia de Minas Gerais foi atrás de uma onda de golpe do nudes no norte do Estado, quase na divisa com a Bahia, e acabou desembocando em Novo Hamburgo. É para onde ia o dinheiro das vítimas. Caía nas contas bancárias de dois irmãos de um traficante do Vale do Sinos, apontado como mentor da extorsão.

Ele admitiu que aprendeu no presídio e resolveu abrir uma espécie de empresa familiar do golpe. Os três foram indiciados no mês passado pela 1ª Delegacia de Polícia de Novo Hamburgo, em investigação conjunta com a DP mineira de Manga. O traficante de 32 anos, dono de loja no Centro de Novo Hamburgo, a irmã de 37 e um irmão de 20 anos respondem em liberdade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.