Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região SÃO LEOPOLDO

Delegacia da Mulher faz operação para apurar 37 denúncias de violência doméstica

Além disso, agentes da especializada realizaram palestra sobre as várias formas de violência contra mulher aos alunos do Instituto Pedrinho

Publicado em: 03.12.2021 às 08:48 Última atualização: 03.12.2021 às 08:49

Numa ação alusiva aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contras as mulheres, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de São Leopoldo deflagrou uma operação especial nesta semana. A investida, que contou com o apoio da 1ª Delegacia de Polícia e da Guarda Civil Municipal, cumpriu três mandados de busca e apreensão e verificou 37 denúncias anônimas envolvendo violência doméstica na cidade, recebidas pela Deam. 

Arma foi apreendida na casa de um dos investigados
Arma foi apreendida na casa de um dos investigados Foto: Polícia Civil/Especial

Segundo a delegada Michele Arigony, durante a ofensiva um homem foi preso em flagrante por possuir ilegalmente em casa uma arma de fogo com numeração raspada e diversas munições. A prisão aconteceu no bairro Vicentina. Segundo a Polícia, o homem preso estava sendo investigado pelos crimes de ameaça no âmbito doméstico e maus-tratos aos animais. 

O período dos 16 dias de ativismo é uma estratégia de mobilização que acontece todo ano de 20 de novembro a 10de dezembro e tem objetivo de dar visibilidade às ações de prevenção e enfrentamento pelo fim de violência contra as mulheres. Em São Leopoldo outras ações também estão sendo desenvolvidas com intuito de esclarecer e incentivar as mulheres a romperem o silêncio e denunciarem seus agressores.

Palestra na escola

Outra ação desenvolvida pela Deam nesta semana foi uma palestra sobre as diversas formas de violência contra a mulher a estudantes do Instituto Estadual de Educação Pedro Schneider, o Pedrinho. No mês passado, um professor da escola foi preso em flagrante, suspeito de exibir as partes íntimas para adolescentes na escola.  O caso segue sendo apurado pela Polícia Civil. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.