Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Alívio

Dia de chuva melhora volume de rios da região

Mesmos com precipitações irregulares, chovendo muito em alguns pontos e pouco em outros, chuva aliviou um pouco a situação dos rios Caí e Sinos

Por Eduardo Amaral
Publicado em: 06.01.2022 às 04:00

O dia marcado por uma chuva intensa ajudou a melhorar a situação dos rios nos Vales dos Sinos e Caí, que saíram do alerta de estiagem. No Sinos, o rio subiu 60 centímetros com as precipitações, no trecho de Campo Bom. Já o Rio Caí teve uma elevação de 40 centímetros na região de Passo Montenegro.

Chuva de ontem ajudou a elevar níveis de rios na região
Chuva de ontem ajudou a elevar níveis de rios na região Foto: Diego da Rosa/GES
A tendência é que mesmo sem chuvas nos próximos dias, o nível dos rios suba mais um pouco, já que houve precipitação nos arroios e esta água, hoje represada, deve descer e abastecer os rios.

Na medição divulgada na segunda-feira, antes das chuvas, pela Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), o Rio dos Sinos apresentava um volume de 1,29 metros. Já o Caí, na mesma medição, apresentava um volume de 0,48 metros no trecho de Passo Montenegro.

Pequeno alívio

Mesmo com o volume de chuva da quarta-feira, a situação deve se manter crítica no Rio Grande do Sul. A afirmação vem tanto de meteorologistas quanto do Estado. De acordo com as análises dos técnicos da Sala, o que se teve no momento é apenas "pequeno alívio sobretudo com as temperaturas ficando um pouco mais amenas". Essa queda nas temperaturas traz uma melhoria na situação pois "tira a pressão dos mananciais em termo de evapotranspiração."

Entretanto, caso situações semelhantes não se repitam nos próximos dias, a estiagem seguirá castigando o Estado. Para a meteorologista da MetSul Estael Sias, o que pode colaborar com a elevação nível dos rios é o regime de ventos. "Nos próximos dias tem vento sul que represa e ajuda a elevar um pouco o nível também." Ela também tem expectativa de melhoria nos níveis em razão do volume que caiu sobre os arroios.

Melhora curta

Apesar do prognóstico positivo nos próximos dias, Estael diz que a tendência é a volta do tempo seco e quente. Na quinta-feira, a previsão é de garoa nas regiões Norte e Leste do Estado. Após isso, o tempo deve ficar firme, com a volta do calor e poucas chuvas. Estael explica que o RS se caracteriza por uma irregularidade acentuada no regime de chuvas, o que gera discrepância dentro de uma mesma cidade.

Em Campo Bom, por exemplo, na Barrinha foram registrados 53 milímetros (mm) de chuva, enquanto no bairro Quatro Colônias foram pouco mais de 35 mm, segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Em Novo Hamburgo, o acumulado ontem ultrapassou 35 mm. Em Parobé, no Paranhana, foram mais de 80 mm de chuva.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.