Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Porto Alegre

Dois bombeiros que trabalhavam no incêndio no prédio da SSP estão desaparecidos

Informação foi confirmada por volta da 1 hora desta quinta-feira pelo governo do Estado

Publicado em: 15.07.2021 às 01:40 Última atualização: 15.07.2021 às 01:58

O governo do Rio Grande do Sul confirmou por volta da 1 hora desta quinta-feira (15) que dois bombeiros que trabalhavam no combate ao incêndio na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública, em Porto Alegre, estão desaparecidos. Os nomes e as unidades nas quais trabalhavam não foram informados. "Assim que houver condições de entrar no prédio serão iniciadas buscas para confirmação de vítimas", informou a Secretaria Estadual de Segurança Pública por meio de nota.

"Nossa prioridade passa a ser a localização dos dois colegas bombeiros. Ao mesmo tempo em que damos sequência às ações do gabinete de crise, estaremos monitorando os trabalhos", informou o secretário e vice-governador Ranolfo Vieira Júnior por volta da 1h30 desta quinta. Mais cedo, por volta das 23h30, ele havia lamentado o incêndio mas destacado que não havia vítimas.

Incêndio atinge prédio da Secretaria Estadual de Segurança Pública, em Porto Alegre Foto: PAULO PIRES/GES

Na mesma entrevista coletiva o comandante-geral dos bombeiros, coronel César Eduardo Bonfanti, informou que equipes de todas as unidades de Porto Alegre estavam trabalhando no prédio da SSP. Bombeiros de Canoas e de São Leopoldo também foram deslocados para Porto Alegre, informou o comandante.

Incêndio atinge prédio da Secretaria Estadual de Segurança Pública, em Porto Alegre Foto: PAULO PIRES/GES

O incêndio de grandes proporções começou por volta das 22 horas no quarto andar do prédio, que fica ao lado da estação rodoviária de Porto Alegre. Menos de uma hora depois já atingia os nove andares. Parte do lado externo do edifício desabou, bem como o último andar.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.