Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul OPERAÇÃO HIPO

Esquema comercializava carne de cavalo clandestina para hamburguerias da Serra Gaúcha

Ministério Público iniciou na manhã desta quinta-feira (18) operação para combater organização criminosa

Publicado em: 18.11.2021 às 07:21 Última atualização: 18.11.2021 às 08:55

O Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul deu início à Operação Hipo, em Caxias do Sul, na manhã desta quinta-feira (18). A ação, coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, busca combater um esquema de abate e venda clandestina de carne de cavalo. 

Estão sendo cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão referentes a oito investigados. Conforme a apuração feita pelo MP, a organização criminosa pratica crimes contra as relações de consumo e contra a saúde pública.

Esquema comercializava carne de cavalo clandestina para hamburguerias da Serra Gaúcha
Esquema comercializava carne de cavalo clandestina para hamburguerias da Serra Gaúcha Foto: Ministério Público

De acordo com o Ministério Público, as investigações apontaram que o grupo abatia e vendia carne de cavalo, em forma de hambúrgueres e bifes, para hamburguerias da cidade. Junto à carne equina, também eram misturadas carnes de peru e de suíno. A suspeita das investigações foram confirmadas por meio de exames periciais em duas hamburguerias de Caxias do Sul, onde foram encontradas presença de DNA de cavalo nos lanches.

Alguns dos cavalos abatidos eram adquiridos diretamente de carroceiros. À frente da operação, o coordenador do Gaeco e promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho conta que cerca de 800 quilos de hambúrgueres de carne de cavalo eram distribuídos semanalmente.

O grupo, conforme afirma o Ministério Público, não possui autorização para fazer o abate dos animais e nem para a comercialização de nenhum tipo de carne. Por conta disto, as atividades vinham ocorrendo sem fiscalizações.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.