Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul PROTEÇÃO

Vacinação de crianças contra a Covid começa no dia 19 no RS

Estado divulgou detalhes sobre o calendário de imunização para crianças entre 5 e 11 anos

Publicado em: 10.01.2022 às 17:23 Última atualização: 11.01.2022 às 08:19

A vacinação de crianças com idade entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 começa simultaneamente no próximo dia 19 em todos os municípios do Rio Grande do Sul.

Em reunião nesta segunda-feira (10), a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) definiu que o cronograma de imunização seguirá a ordem estabelecida desde o início da campanha, priorizando crianças com comorbidades e imunossuprimidas. No Estado, esse público é de 96.427 meninos e meninas.{'nm_midia_inter_thumb1':'https://midia.gruposinos.com.br/_midias/jpg/2022/01/10/265x186/1_51356967262_17eb30401a_k__1_-20096831.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'61dc95259d5f1', 'cd_midia':20096834, 'ds_midia_link': 'https://midia.gruposinos.com.br/_midias/jpg/2022/01/10/800x500/1_51356967262_17eb30401a_k__1_-20096831.jpg', 'ds_midia': 'Primeiro lote de vacinas da Pfizer deve chegar ao Estado na quinta-feira', 'ds_midia_credi': 'Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini', 'ds_midia_titlo': 'Primeiro lote de vacinas da Pfizer deve chegar ao Estado na quinta-feira', 'cd_tetag': '16157', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '500', 'align': 'Clear'}

As 862.747 crianças sem comorbidades serão o próximo grupo vacinado. Pelo cronograma acertado, a imunização delas também começará neste mês, com a primeira dose sendo aplicada em quem já tiver completado 11 anos de idade.

Crianças indígenas - 3.911 - e quilombolas - 1.188 - serão vacinadas conforme orientação futura do Ministério da Saúde, com as doses destinadas a esse público.

{'matias':[3165319,3165065],'cd_matia':'3165065','ds_matia_titlo':'','ds_matia_assun':'','ds_matia_chape':'','ds_poral_url':'','id_poral_oflin':'3','cd_site_url_matia':'','id_site_oflin':'3','cd_sisma':'2','cd_poral':'1','cd_tetag':'16155','id_tetag_tipo':'6','id_tetag_galer':'','ds_tetag':'2019 - Leia também','ds_tetag_tag_html':'','qt_tetag_midia':'','id_tetag_templ_tipo':'1','width':'280','height':240,'title':'Leia mais','class':'','align':'Clear','ds_matia_path':''}

Em fevereiro, será iniciada a vacina dos meninos e meninas de 10 e de 9 anos. Em março, será a vez daquelas com 8 anos.

Para as outras idades, a Secretaria da Saúde aguarda a previsão de remessas de vacinas pelo Ministério da Saúde. O primeiro lote, com 1,248 milhão de doses, está previsto para chegar ao Estado na próxima quinta-feira (13). Outros dois lotes com a mesma quantidade devem ser entregues nos dias 20 e 27.

Sala exclusiva e observação por 20 minutos

A aplicação será feita numa sala exclusiva, em espaço com referências lúdicas para recepção de crianças e responsáveis, que deverão permanecer no local por 20 minutos. Eventos adversos após a vacinação devem ser notificados no e-SUS Notifica, sistema de registro do Ministério da Saúde.

Nesta quarta (12) e quinta-feira (13), haverá capacitação, pela Secretaria da Saúde, dos vacinadores indicados pelos municípios, que receberão orientações sobre a aplicação do imunizante da Comirnaty/Pfizer. “O momento de vacinar a criança vai ser diferente do que é vacinar os adultos”, disse a secretária da Saúde, Arita Bergmann. “A vacinação será feita de forma organizada, com as equipes preparadas e de maneira acolhedora”.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a primeira remessa de doses deve chegar ao Brasil na quinta-feira e ser distribuída aos Estados na sexta (14). Durante o fim de semana, equipes da Secretaria Estadual de Saúde irão realizar a separação das doses que serão distribuídas nos dias 17 e 18 às prefeituras. Neste período, os municípios trabalharão na estruturação das salas de vacinas para receber as famílias.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.