Publicidade
Notícias | Ser Educação Ser Educação

Grupo Sinos lança projeto para contribuir na educação

Iniciativa multiplataforma busca valorizar a educação, unir gestores, educadores, alunos e famílias para trocarem experiências e buscarem juntos o caminho para superar os obstáculos trazidos pela pandemia

Por Bruna Mattana
Publicado em: 29.07.2020 às 03:00 Última atualização: 07.08.2020 às 10:38

Pandemia forçou o isolamento social e a suspensão de aulas presenciais Foto: Divulgação
"A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original." Este famoso pensamento exprime a realidade da educação em tempos de pandemia. Ela precisou ser ressignificada por meio de novas ideias - e seu legado impactará no futuro de muitas gerações. No intuito de fortalecer a educação neste novo cenário de isolamento social, o Grupo Sinos promove a campanha Ser Educação, com conteúdo multiplataforma.

A iniciativa incluirá vídeos digitais com depoimentos sobre a experiência da educação remota durante a pandemia, matérias e podcasts, espaço com material de aperfeiçoamento de professores e boas práticas educacionais. O Ser Educação também contará com veiculação de dicas na Rádio 103,3 FM, painéis de debates transmitidos pelos sites e redes sociais do Grupo Sinos e matérias sobre o tema nos jornais impressos e na versão digital.

"O Ser Educação já traz no nome dele a assertiva de que todos somos educação, porque somos impactados, de alguma maneira, no decorrer da nossa vida, seja na nossa formação escolar ou na formação como cidadãos, pela educação. E também ele traz um convite para que todos nós possamos refletir e superar os obstáculos, principalmente nesse momento de pandemia, que trouxe uma nova maneira de ensinar, aprender, de se relacionar, de interagir, que é a educação pelo meio remoto", destaca a diretora-executiva do Grupo Sinos
Andrea Schneider.

Interatividade

Você pode enviar vídeos contando sua experiência com a educação de forma remota, em tempos de pandemia, pelo WhatsApp 3553-2010. O vídeo teve ter, no máximo, 60 segundos e 16mb. Estes vídeos estarão disponíveis no hotsite www.gruposinos.com.br/sereducacao e as histórias mais inusitadas serão contadas nos jornais do Grupo Sinos.

O Projeto Ser Educação tem patrocínio master do Instituto Ivoti, PUC/RS e Sicredi, patrocínio do Colégio Espírito Santo, Colégio Marista Pio XII e IENH e apoios das universidades Feevale e Faccat.

"Sem conhecimento não há horizonte"

O presidente da Sicredi Pioneira, Tiago Luiz Schmidt, acredita em uma mudança pós-pandemia. "Quantos pais que, infelizmente, tinham consciência, mas não tinham atitude de participar mais ativamente das atividades dos filhos e agora estão tendo que mudar essa realidade. Acredito que isso vai permanecer. É preciso essa convergência em torno das responsabilidades de cada um, pais, alunos, escola, educadores. Como diria o fundador da cooperativa, Padre Theodor Amstad, sem conhecimento não há horizonte."

Formação continuada para educadores

Todas as instituições envolvidas no projeto poderão enviar material de treinamento para formação de professores e boas práticas por meio do e-mail sereducacao@gruposinos.com.br. Tudo estará inserido e ficará disponível para download no hotsite.

 

Compartilhando

Para o diretor do Instituto Ivoti, Everton Augustin, a educação não tem um momento, mas precisa perpassar todas as situações, inclusive de crise. "Nós compartilhamos essa responsabilidade de educar com as famílias que acreditam no nosso trabalho. A presença física é, sem dúvidas, importante no processo educativo, mas acredito que, quando voltarmos às aulas presenciais, a tecnologia estará mais presente no nosso dia a dia. A gente vai racionalizar determinados movimentos, até a favor do meio ambiente, como manter reuniões virtuais, por exemplo."

Momento de aprendizado

O reitor da Faccat - Faculdades Integradas de Taquara, Delmar Backes, destaca que o Grupo Sinos há tempos faz movimentos importantes para valorizar a educação. "Nós da Faccat acompanhamos isso de perto. Esse é um momento de aprendizado, de descobertas, de refletir sobre a educação. É um momento de crise, mas precisamos enfrentar essa realidade inesperada e temos dito isso para nossos alunos. Nesse processo, é fundamental destacar a importância do professor. Temos incentivado para que interajam com os alunos de forma a minimizar a distância e eles têm se esforçado nessa tarefa."

Oportunidade para troca de experiências

A diretora do Colégio Espírito Santo, de Canoas, Irmã Maria Sônia Muller, enaltece a importância da partilhar as vivências e também conhecer as experiências de outras escolas. "Estamos vivendo um tempo de excepcionalidade na educação, que exigiu das escolas uma mudança muito grande. Os professores tiveram que se reinventar, embora tivéssemos uma certa experiência do ensino remoto", pontua.

Aprimorar o acesso ao conhecimento

O reitor da Universidade Feevale, Cleber Prodanov, destaca que o mundo vive uma experiência nunca antes vista, com reflexo em todas as áreas, sejam elas econômicas, de saúde ou educacionais. "É um momento onde a gente deve aproveitar e pisar no acelerador da história e incrementar as mudanças que precisamos fazer em termos de educação. Vivemos em um mundo onde estamos conectados e devemos aproveitar essas novas tecnologias para aprimorar o acesso ao conhecimento. Essa é a oportunidade da educação colocar os dois pés no século 21."


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.